Olhar Agro & Negócios

Quarta-feira, 28 de outubro de 2020

Notícias / Agricultura

Chuva nesta semana pode por em “risco” trabalhos na colheita da soja em Mato Grosso

Da Redação - Viviane Petroli

20 Fev 2017 - 09:30

Foto: Viviane Petroli/Agro Olhar

Chuva nesta semana pode por em “risco” trabalhos na colheita da soja em Mato Grosso
A chuva na última semana impediu o avanço da colheita da soja em Mato Grosso. Entre os dias 10 e 17 de fevereiro houve um salto de 45,79% da área colhida para apenas 51,94%, ou seja, uma variação de apenas 6,15 pontos percentuais. Segundo dados do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), ligado ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), a semana deverá ser de tempo encoberto com pancadas de chuva até sexta-feira, 24, o que pode atrapalhar ainda mais os trabalhos.

Leia mais:
Chuva deixa em xeque produção recorde de 30,4 mi/t de soja em Mato Grosso
 
Diversos municípios mato-grossenses nos últimos dias estão com dificuldades em colocar as colheitadeiras nas lavouras. A exemplo estão os municípios de Campo Novo dos Parecis e Cláudia.
 
Na região Médio-Norte 72,36% dos 3,166 milhões de hectares destinados à cultura foram colhidos. A região mais "atrasada", conforme o Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), é a Nordeste com 20,33% de 1,566 milhão de hectares de área colhida.
 
A semana em Campo Novo dos Parecis deverá ser chuva, de acordo com o Inmet. Entre terça e sexta-feira, o tempo deverá ficar encoberto com chuvisco. A máxima fica em 27ºC, enquanto a mínima em 22ºC. No município de Cláudia não deverá ser diferente. A máxima chega a 30ºC.
 
Como o Agro Olhar comentou recentemente, os dois municípios, por exemplo, já registram perdas nas lavouras com soja brotando dentro das vagens e até mesmo o apodrecimento dos grãos.
 
Chuvas isoladas, aponta o Inmet, devem ser registradas durante essa semana no município de Sorriso. Os termômetros variam entre 28ºC e 35ºC de máxima. Já em Primavera do Leste a terça-feira, 21, tende a ser de tempo encoberto com chuvisco, contudo entre quarta e sexta-feira a previsão é de sol entre nuvens com chuvisco.
 
Em recente entrevista ao Agro Olhar, o presidente da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja-MT), Endrigo Dalcin, comentou que as lavouras nesta safra apresentam potencial produtivo de em média 57 sacas por hectare. Ele ressaltou ainda que a produtividade, bem como a produção de 30,4 milhões de toneladas previstas de soja, podem estar em "risco" caso as chuvas permaneçam nos próximos dias.
 
"Hoje, Campo Novo do Parecis é onde está o maior problema com a chuva. Vale ressaltar que são problemas pontuais. Há regiões que os trabalhos estão normais", observou Dalcin.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet