Olhar Agro & Negócios

Domingo, 25 de agosto de 2019

Notícias / Agronegócio

Plano Agro+ do Ministério da Agricultura ganha versão estadual no Rio Grande do Norte

Da Redação - Viviane Petroli

13 Jun 2017 - 08:16

Foto: Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento/Divulgação

Plano Agro+ do Ministério da Agricultura ganha versão estadual no Rio Grande do Norte
O Rio Grande do Norte é a quarta unidade federativa a aderir à versão estadual do Plano Agro+ do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Além do Estado da região nordeste do país, São Paulo, Rio Grande do Sul e Rondônia já trabalham com o plano de desburocratização do setor agropecuário.

Leia mais:
Municípios no país manifestam interesse no Plano Agro+; Mato Grosso terá programa regional
 
A versão nacional do Plano Agro+ foi lançada pelo presidente Michel Temer e pelo ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi, em agosto de 2016. O intuito do plano é modernizar e simplificar o agronegócio brasileiro. Conforme o ministro interino da Agricultura, Eumar Novacki, em cerca de dez meses já foi possível mudar mais de 500 procedimentos ouvindo sugestões de representantes do setor.
 
Segundo Novacki, mais de R$ 1,5 bilhão que seriam gastos com normas desnecessárias estão sendo economizados.
 
"Hoje, o recurso está gerando renda, emprego. E o efeito, a longo prazo, será ainda mais significativo para o setor, contribuindo para alcançarmos 10% do mercado mundial em cinco anos", destacou o ministro interino da Agricultura.
 
Durante o lançamento do Plano Agro+ Estadual no Rio Grande do Norte, o ministro interino Eumar Novacki adiantou ainda que o Estado deverá ser contemplado com o Agro+ Produtor Rural “para que o pequeno e médio produtor façam parte da cadeia produtiva macro. O objetivo da capacitação, da assistência técnica, dessa linha, é que eles se tornem competitivos”.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet