Olhar Agro & Negócios

Sábado, 28 de março de 2020

Notícias / Economia

Petrobrás anuncia novo aumento de 6,9% no gás de cozinha e preços podem chegar a R$ 103 em Cuiabá

Da Redação - André Garcia Santana

26 Set 2017 - 13:42

Foto: Reprodução

Petrobrás anuncia novo aumento de 6,9% no gás de cozinha e preços podem chegar a R$ 103 em Cuiabá
Conforme previsto em comunicado divulgado no início do mês, a Petrobras realizou novo aumento no valor do gás liquefeito de petróleo (GLP) para uso residencial, vendido em botijões de até 13 kg (GLP P-13). Nesta terça-feira (26) já está valendo o reajuste de  6,9%. Em Cuiabá, onde a cotação do botijão pode chegar a R$ 97 em algumas distribuidoras, o valor subirá para R$103,60.

Leia mais:
Distribuidoras anunciam aumento de 20% no gás de cozinha e produto poderá chegar a R$108 em MT

De acordo com a Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), o preço médio na Capital até a última semana era de R$ 88 e agora sobe para R$ 94,6. O estudo, disponibilizado semanalmente pelo órgão, considera 42 pontos de distribuição em Cuiabá, avaliados entre os dias 17 e 23 de setembro.

A alteração foi feita pelo Grupo Executivo de Mercado e Preços (Gemp) da Petrobras. Considerando que o mercado de GLP ao longo do mês de agosto continuou mostrando-se pressionado por baixos estoques e que a proximidade do inverno no hemisfério Norte aumenta a demanda pelo produto, o GEMP decidiu por um reajuste de 6,9%, em média. 

Este reajuste repassa a variação de preços do mercado internacional apresentada ao longo de agosto conforme política anunciada pela companhia. Esta decisão aplica-se exclusivamente ao GLP de consumo residencial em botijões de 13 kg e o ajuste anunciado foi aplicado sobre os preços praticados sem incidência de tributos.

Se for integralmente repassado aos preços ao consumidor, a companhia estima que o preço do botijão de GLP P-13 pode ser reajustado, em média, em 2,6% ou cerca de R$1,55 por botijão, isso se forem mantidas as margens de distribuição e de revenda e as alíquotas de tributos.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet