Olhar Agro & Negócios

Terça-feira, 22 de outubro de 2019

Notícias / Logística

Com recursos de R$ 545 mi, BR -163 contará com 13 viadutos e pontes pela região metropolitana

Da Redação - André Garcia Santana

05 Mar 2018 - 16:15

Foto: Reprodução/ALMT

Com recursos de R$ 545 mi, BR -163 contará com 13 viadutos e pontes pela região metropolitana
O trecho da BR- 163 que corta a Capital e Várzea Grande passará por obras de duplicação, construção de contorno e viadutos. O projeto do Rodoanel, estimado em R$ 545 milhões, deverá ser licitado em abril e foi apresentado pelo Departamento Nacional de Trânsito (Dnit), nesta segunda-feira (5), em audiência pública na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (AL-MT). O conjunto de ações promete facilitar o escoamento da produção, além de desafogar o trânsito na região metropolitana.

Leia mais:
Consórcio Via Brasil arremata dois lotes para privatização de rodovias em MT na Bolsa de São Paulo
 

O superintendente do Dnit no Estado, Orlando Fanaia Machado explica que, para isso, o plano inclui ainda locais de espera para prolongamento de importantes vias da Capital, como a Avenida Historiador Rubens de Mendonça (do CPA) e Avenida dos Trabalhadores. “Serão 13 viadutos e duas pontes, uma sobre o rio Cuiabá e outra sobre o rio Coxipó. Desse valor, R$ 114 milhões já estão na conta da Sinfra e estamos trabalhando para que o projeto seja aprovado e possamos licitar o mais breve possível.”
 
No total o Rodoanel terá 52 km totalmente duplicados, em concreto, que tem durabilidade de 30 anos, em substituição ao asfalto tipo CBUQ de apenas 10 anos. A obra vai ligar a região do Trevo do Lagarto, em Várzea Grande, até o Distrito Industrial de Cuiabá, passando pela rodovia MT-010 (Estrada da Guia), rodovia Emanuel Pinheiro (MT-251), até chegar na BR-364.
 
O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (PMDB), aproveitou a ocasião para lançar também a proposta de construção do Contorno Leste, que, segundo ele, promoverá o desenvolvimento socioeconômico de 21 bairros carentes cortados pela via. “A partir do momento que uma via de 17 km passa por dentro dos bairros, as propriedades são valorizadas e cria-se dentro do plano diretor alternativas econômicas a serem instaladas ali”, disse. Neste contexto, 200 mil pessoas carentes seriam beneficiadas.
 
De acordo com o titular da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Sinfra), Marcelo Duarte, os ajustes ao projeto devem ser concluídos em, no máximo, 45 dias, quando será lançado então o processo licitatório. A obra é resultado do convênio firmado entre Governo do Estado e Governo Federal, por meio da Pasta e do Dnit, com recursos federais.
 
“Hoje temos nas áreas urbanas o transito de caminhões pesados e um registro alto de acidentes acontecendo. Por isso a importância do Contorno Norte. É uma obra que não vai atender só a Capital, vai atender todo o Mato Grosso. Se o motorista vem do sul e quer ir pro norte, não precisa passar por dentro de Cuiabá, vai passar por um contorno moderno, rápido, eficiente”, reforçou.
 
Atualmente, o Rodoanel possui cerca de 10 km pavimentos e no último ano o DNIT executou obras de restauração do pavimento e sinalização, bem como, implantou as interseções com as rodovias MT-400 (Distrito de Sucuri), a MT-010 (Distrito da Guia) e a MT-251 (Rodovia Emanuel Pinheiro), o que melhorou significativamente as condições de conforto e segurança dos usuários que por ali trafegam. Neste trecho, o DNIT executa ainda serviços de manutenção permanente.

12 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Geraldo Antruses.
    06 Mar 2018 às 16:03

    É triste,eu ter que dizer...!! Mas, eu não acredito,dúvido,ou...,sei lá.

  • José carlos bortoloti
    06 Mar 2018 às 14:11

    O tremer tá mandando pro senado uma lei dando prazo pras concessionárias duplicar as rodovias em 14 anos. Antes sem a lei já demoravam isso, imagina com a lei.

  • LLUIS
    06 Mar 2018 às 09:35

    Essa obra vai ser finalizada sim. Podem confiar amiguinhos. Vai ser igual a obra do VLT. Uma beleza

  • João Capivari
    06 Mar 2018 às 09:07

    Já disse noutro post que Juscelino construiu Brasília m 04 anos, com represas, hidrelétrica, viadutos, pontes, rodovias, estradas e ruas pavimentadas, aeroporto, edifícios públicos e funcionais (para servidores), rodoviária, ferroviária, e muito mais. Naquela época embora as maquinarias e caminhões fossem bem menor, bem menos potentes e evidentemente mais lentos, os trabalhadores tinham uma jornada normal de 10 horas por dia e ainda faziam horas extras. Comiam e dormiam embaixo de uma barraca de lona. Banhavam-se no córrego próximo ao acampamento. E tudo fluía muito bem. As empreiteiras eram honestas e não havia tanto direito trabalhista. Os promotores públicos realmente promoviam a justiça e não interditavam obra alguma sem uma real fundamentação. Hoje tudo diferente, não acreditamos mais em nada, principalmente na qualidade dos serviços e conclusão de obras dentro do seu tempo previsto.

  • Xavier
    06 Mar 2018 às 07:28

    Que essa obra não venha somar com outras do tipo Hospital Central, VLT, COTs.. que realmente ela possa ter início e fim.

  • Chacal
    06 Mar 2018 às 06:35

    Parabéns senador Wellington Fagundes, mais uma obra com o seu empenho.

  • Ary neto
    05 Mar 2018 às 20:44

    Abre olho MPF e MPE nesse caroço tem angu

  • Mané dinheiro
    05 Mar 2018 às 20:38

    SB e turminha devem estar com inveja, pois o governo atual trabalha, faz, e não rouba. Vou além: poderá se tornar presidente do Brasil.

  • Reinaldo
    05 Mar 2018 às 18:37

    Se for na emigrante o trecho e da rota oeste

  • Antônio
    05 Mar 2018 às 18:14

    Parabéns. Mas com o DNIT, no meio , disso tudo vai 50 anos e não fica pronto. Vao ficar as pontes e os viadutos pro final, como fizeram entre Rondonópolis e Jaciara, ..tomara que eu esteja enganado...

Sitevip Internet