Olhar Agro & Negócios

Quinta-feira, 17 de outubro de 2019

Notícias / Pecuária

Governador e secretário de Fazenda se reúnem com Acrismat para debater crise

Da Redação - Vitória Lopes

11 Abr 2018 - 15:10

Foto: Reprodução

Governador e secretário de Fazenda se reúnem com Acrismat para debater crise
A Associação dos Criadores de Suínos de Mato Grosso (Acrismat) se reúne nesta quinta-feira (12), às 17h, com o governador Pedro Taques (PSBD) e com o secretário de Fazenda, Rogério Gallo. A reunião acontecerá no gabinete do governador, no Palácio do Paiaguás, e foi solicitada pela associação para expor o cenário de crise pela qual a atividade atravessa neste momento.

Leia mais:
Produtores de suínos de MT chegam a registrar prejuízos de até R$ 70 por animal abatido


O baixo preço pago pelo quilo do suíno tem tornado a atividade inviável para produtores no estado. Atualmente, o quilo do suíno é comercializado pelo preço médio de R$ 2,55, sendo que o ideal, só para cobrir os custos de produção este valor deveria estar em torno de R$ 3,30.

"A situação é grave, muitos suinocultores estão trabalhando com prejuízos de até R$ 70,00 por animal abatido. Conseguimos no ano passado algumas medidas que deram um alento para os produtores, porém são temporárias e o prazo está se esgotando. Por isso solicitamos está reunião com o governador para juntos buscarmos uma solução para a nossa atividade", afirma o diretor executivo da Acrismat, Custódio Rodrigues.

Tais benefícios citados pelo diretor foram a diminuição da cobrança do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviço (ICMS), incidente na operação própria de saída interestadual de suíno em pé, de 12% para 6% e a da suspensão da aplicação da Lista de Preços Mínimos, mais conhecido como preço de pauta.

Outra reivindicação solicitada pela associação, agora ao Governo Federal, que deve se resolver nas próximas semanas é a questão da realização dos leilões do milho. "Solicitamos ao Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (Mapa) junto com a Associação Brasileira dos Criadores de Suínos (ABCS), que o ministério aumente de 10 para 17 toneladas o limite de cada produtor para comprar nos estoques da Conab o milho de balcão. Uma forma de atender principalmente criadores de pequeno porte", explica Custódio.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet