Olhar Agro & Negócios

Terça-feira, 21 de maio de 2019

Notícias / Agronegócio

Para Cidinho, União Europeia faz guerra comercial ao suspender a importação de frango

Da Redação - Vitória Lopes

17 Abr 2018 - 16:52

Foto: Geraldo Magela/Agência Senado

Para Cidinho, União Europeia faz guerra comercial ao suspender a importação de frango
Após missão oficial a Bruxelas (Bélgica), na semana passada, o senador Cidinho Santos (PR-MT) afirmou nesta terça-feira (17) que a ameaça da União Européia (UE) de suspender a importação de carne de frango do Brasil, tem motivação meramente comercial, já que não há problemas com a venda de carne de aves, desde que seja feito pagamento da tarifa extra no valor de mil euros por tonelada.

Leia mais:
Por causa de reformas no Parque de Exposições, Expoagro é cancelada


"Que fique claro aos dirigentes em Bruxelas que eles serão os culpados, caso o Brasil venha a impor retaliações à União Europeia. Não vamos aceitar que sejamos nós os prejudicados. Vamos defender o Brasil e o agricultor brasileiro", disse Cidinho.

O senador também participou de coletiva de imprensa com o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi, e de reunião com a Frente Parlamentar da Agropecuária com o ministro e o candidato à Presidência, Álvaro Dias.

"Estão usando a disposição do Brasil em investigar os desvios e penalizar os ilícitos para macular a produção nacional e estimular o debate pelo lado negativo, prejudicando a imagem do produto brasileiro na União Europeia e em outros mercados internacionais", disse.

Em 2007, o Brasil enfrentou situação parecida com pressão dos pecuaristas irlandeses e as exportações brasileiras caíram para menos de um terço. Em 2017, o Brasil exportou cerca de 300 mil toneladas de carne.

"As exportações do agro são fundamentais para a retomada do crescimento da nossa economia e geram milhões de empregos no país. O que queremos é garantir empregos para os nossos trabalhadores, renda para as pessoas e reconhecimento da qualidade dos nossos produtos exportados", defendeu.

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Eleitor observador
    18 Abr 2018 às 07:56

    Legislando em causa própria, como todo político deste país.

Sitevip Internet