Olhar Agro & Negócios

Segunda-feira, 22 de julho de 2019

Notícias / Política

Novacki entrega dois mil kits de irrigação doados pelo Mapa para pequenos produtores de MT

Da Reportagem Local - Ronaldo Pacheco

27 Abr 2018 - 18:00

Foto: Assessoria

Novacki entrega dois mil kits de irrigação doados pelo Mapa para pequenos produtores de MT
Pelo menos dois mil pequenos produtores rurais de 22 municípios de Mato Grosso estão sendo beneficiados pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento com kits de irrigação. O secretário executivo do Mapa, coronel Eumar Novacki, anunciou que até o final do ano devem passar de três mil kits entregues em Mato Grosso e enfatizou o avanço ambiental, já que representa 60% na economia de água destinada a produção.
 
“Nossa meta é chegar ao fim do ano com cerca de três mil kits entregues em Mato Grosso, totalizando cinco mil na região Centro-Oeste”, observou Novacki, nesta sexta feira (27), durante solenidade de entrega   realizada na sede da Superintendência Federal de Agricultura (SFA), em Várzea Grande.
 
Leia mais:
- Novacki acredita que código de ética no Mapa pode abrir mais portas para o agronegócio no mundo

- Maggi lança plano de infraestrutura da agropecuária; MT com rodovias, ferrovias e hidrovias em 30 anos

- Acrismat realiza workshop para debater o contexto ambiental e resíduos agroindustriais

A projeção é de aumento na renda dos pequenos agricultores entre 30% e 60% em até dois anos, com o a irrigação.  “O programa do Mapa já demostrou ser vitorioso, com pouco investimento que os kits demandam, proporcionando a pequenos e médios produtores maior rentabilidade e acesso ao mercado consumidor”, avaliou ele, ao lado dos senadores Wellington Fagundes (PR) e José Medeiros (Pode), e também dos deputados federais Adilton Sachetti (PRB), Ezequiel Fonseca (PP) e Valtenir Pereira (MDB).
 
O sistema de irrigação por gotejamento, com tecnologia israelense,  permite economizar até 60% de água em relação aos equipamentos tradicionais, além de preservar mais o solo e melhorar a produção. O Plano Nacional de Agricultura Irrigada no país. De acordo com Pedro Neto, diretor do Departamento de Desenvolvimento das Cadeias produtivas e Produção Sustentável do Mapa, as regras previstas na portaria “institucionalizam o Mapa como órgão responsável por estabelecer as diretrizes dos convênios com municípios e produtores beneficiados com os Kits. Além disso, permite a aquisição direta e estabelece os critérios de distribuição dos equipamentos”.
 
Wellington Fagundes lembrou que 22 municípios – dos atuais 141 – de Mato Grosso nasceram de assentamentos rurais. “Não se trata apenas do kit de irrigação, mas esperança de dias mlehores para milhares de famílias”, pontuou Fagundes.
 
Entre os requisitos para os produtores serem beneficiados estão a existência de solos aptos para o desenvolvimento de culturas sob irrigação, além disso, ele precisa estar adequado aos dispositivos do Código Florestal e ainda há necessidade de disponibilidade de recursos hídricos sem o risco de conflitos com outros usos prioritários desse recurso.
 
Aves brasileira
 
Eumar Novacki representou o ministro da Agricultura, senador mato-grossense Blairo Maggi (PP), no  evento em Várzea Grande. Ele observou que  Maggi trabalha arduamente para vencer os embargos da União Europeia à exportação de aves brasileiras. Ele adiantou que além das tratativas para um contencioso na Organização Mundial do Comércio (OMC), cujo início já foi aprovado na Camex, serão enviadas missões para fazer inspeções no sistema europeu “para ver se, de fato, eles adotam os mesmos procedimentos daqui. A partir de agora, nós vamos exigir, levar à risca o princípio da reciprocidade”.
 

5 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • josé
    30 Abr 2018 às 17:29

    Valtenir, Wellington, Ezequiel juntos? Tem boi na linha.

  • SONNY LOPES
    30 Abr 2018 às 10:59

    Senhor Luiz Paulo Conde Junio, seria interessante, o senhor dizer qual seria o motivo de os servidores do MAPA "pelarem de medo" do Sr. Novack. Pois, no ambiente de trabalho dos mesmos, aqueles servidores, dos quais o senhor diz que são medrosos, não é possível perceber essa manifestação. Ou seria uma situação que o comentarista vive e procura terceirizar?

  • Luiz Paulo Conde Junio
    29 Abr 2018 às 08:23

    TRABALHO DO NOVACKI É MUITO SÉRIO E COMPETENTE. SEGUE A LINHA DO MINISTRO BLAIRO MAGGI. MUITOS SERVIDORES DO MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PRINCIPALMENTE AQUELES QUE NÃO GOSTAM DE TRABALHAR, "PELAM" DE MEDO DO NOVACKI.

  • Willim nazareno
    28 Abr 2018 às 11:21

    Parabenizar o mapa e governantes por iniciativas dessa natureza. E notorio e histórico que este pais é o maior produtor de alimentos do mundo.no agronegócio e na agricultura familiar tem que existir suportes dessas ações concreta que alavanque as inovações tecnológicas para que esse sugeito possa ter oxigênio para produzir seus excedentes e garantir mas alimentos na mesa dos brasileiros. Aqui no Pará falta as iniciativas de nossos políticos que olham muito para exploração de nossas riquezas naturais e não se lembram em melhorar a nossa producao de alimentos. Mas acreditamos as coisas um dia podem mudarem

  • Alencar
    27 Abr 2018 às 23:01

    Doação ????O dinheiro é público.

Sitevip Internet