Olhar Agro & Negócios

Quarta-feira, 19 de junho de 2019

Notícias / Logística

​Batata e laranja acabam e estoque de outros produtos pode esvaziar até segunda-feira

Da Redação - Vinicius Mendes

26 Mai 2018 - 14:40

Foto: Rogério Florentino Pereira/ Olhar Direto

​Batata e laranja acabam e estoque de outros produtos pode esvaziar até segunda-feira
Com o bloqueio dos caminhoneiros, iniciado na última segunda-feira (21) nas rodovias em todo o país, já há falta de alguns alimentos nos supermercados. No Centro de Abastecimento de Cuiabá, que fornece mercadorias para todos os supermercados da capital e alguns municípios do interior, já não há mais batata e laranja.

A estimativa é que se o bloqueio não for encerrado até a próxima semana, Cuiabá terá apenas os alimentos produzidos na região, como abóbora e verduras. Na capital e no interior a escassez de carnes também é percebida.

Leia mais:
Caminhoneiros afirmam que não se intimidam com decreto federal e aumentam para 30 pontos de bloqueio em MT
 
A presidente do Centro de Abastecimento de Cuiabá, Marilda Giraldelli, afirma que nesta sexta-feira alguns vendedores não chegaram a abrir seus postos.No local já não há mais batatas ou laranjas e em breve outras frutas e legumes devem acabar. Ela teme que o estoque se esvazie caso os bloqueios continuem.

Marilda disse que abóboras e algumas verduras continuam sendo vendidas, pois são produzidas na região, não passam pela rodovia. Também há banana, mas deve acabar em breve. Caso não haja algum acordo e o bloqueio continuar, na segunda-feira (28) o estoque acabará, ficando apenas com a distribuição dos alimentos produzidos na região.





Falta nos mercados

A Associação de Supermercados de Matogrosso (Asmat) confirmou que já há falta de batatas e laranjas no Estado. No entanto outros itens também estão em falta.



Em supermercados no interior do estado, como em Sapezal, os consumidores já encontram prateleiras vazias. Em Tangará da Serra alguns frigoríficos não estão fazendo abate, e a falta de combustível também prejudicou o transporte coletivo e escolar.



Em Cuiabá os Supermercados Comper colocaram cartazes informando que pode ter algum produto indisponível devido à greve. No Big Lar não há mais mercadorias no estoque, tudo já está colocado nas prateleiras. O Grupo Pão de Açúcar, responsável pelos mercados Extra e Assaí, também já se manifestou, por meio de nota, explicando a falta de produtos.

 

 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet