Olhar Agro & Negócios

Sábado, 25 de maio de 2019

Notícias / Geral

Kennedy repudia posicionamento da FIEMT e afirma que ‘seguirá apresentando propostas’

Da Redação - Isabela Mercuri

25 Jul 2018 - 10:32

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Kennedy repudia posicionamento da FIEMT e afirma que ‘seguirá apresentando propostas’
O candidato à presidência da Federação das Indústrias de Mato Grosso (FIEMT), Kennedy Sales – representante da Chapa 2 – repudiou, via nota, a postura do órgão, que fez um apelo ao juiz Aguimar Martins Peixoto, para que retirasse a cassação da candidatura do outro candidato, o empresário Gustavo Pinto Coelho de Oliveira, ex-secretário de Fazenda do Estado.

Leia também:
Juiz rejeita apelo da FIEMT e mantém cassação de candidatura

O juiz cassou a candidatura de Gustavo Pinto, representante da Chapa 1, no último dia 19 de julho, por entender que ele ativou-se em cargos públicos junto ao Governo do Estado de Mato Grosso como Secretário Extraordinário de Gabinete de Projetos Estratégicos da Casa Civil, Secretário de Estado de Planejamento e, Secretário de Estado de Fazenda, no período de 2015 até o final de 2017. Ou seja, está afastado de qualquer atividade econômica empresarial no segmento das indústrias há mais de três anos.
 
Após a cassação, a FIEMT chegou a fazer um pedido de reconsideração, que foi rejeitado pelo juiz Aguimar, da 6ª Vara do Trabalho de Cuiabá. Em sua decisão, o magistrado destacou que “embora não tenha se desfeito da qualidade de empresário, [Gustavo] não exerceu tais misteres na maior parte dos últimos 24 meses, visto que se dedicou com exclusividade à função pública". Acrescentou que tal posição "trará influência decisiva na eleição a seu favor, porque não poderá se desvencilhar dos 'favores' implícitos na indicação e atividades pelo e em prol do Estado, com reflexos diretos na eleição, a seu benefício e em detrimento do adversário". 
 
Nesta quarta-feira (25), Kennedy se manifestou via nota, afirmando que a nova decisão judicial “reafirma o fato de que o candidato a presidente da chapa adversária não reúne as condições necessárias para o registro da candidatura, visto que não possui efetivo exercício de atividade econômica pelo prazo estipulado no estatuto”.
 
O candidato lamentou e repudiou o fato da FIEMT ter pedido a reconsideração, o que chamou de “assumir a defesa do candidato da chapa 1, fato registrado e, diga-se de passagem, criticado pelo próprio juiz em sua manifestação”.

Kennedy ainda salientou que os candidatos integrantes da chapa 2 vão continuar apresentando suas propostas “para fazer com que a FIEMT volte a ser independente e cumpra seu papel de defesa das condições para que as empresas gerem emprego e renda, no papel de força motriz do nosso Estado”.

Leia a íntegra da nota:

NOTA DE ESCLARECIMENTO
 
Diante da nova decisão da Justiça do Trabalho que manteve fora da disputa o candidato a presidente da chapa adversária do processo eleitoral da Federação das Indústrias de Mato Grosso (FIEMT), a Chapa 2, FIEMT Renovada e Independente vem a público esclarecer que:
 
1) Considera que a nova decisão judicial reafirma o fato de que o candidato a presidente da chapa adversária não reúne as condições necessárias para o registro da candidatura, visto que não possui efetivo exercício de atividade econômica pelo prazo estipulado no estatuto;
 
2) Entende que o magistrado, ao manter a exclusão do referido candidato da chapa 1, mostra de forma clara que sem o cumprimento do estatuto não há o que se falar em legitimidade para representar o empresariado, além de desequilibrar o processo eleitoral;
 
3) Lamenta e repudia o posicionamento da FIEMT de assumir a defesa do candidato da chapa 1, fato registrado e, diga-se de passagem, criticado pelo próprio juiz em sua manifestação.
 
4) Por fim, salienta que os candidatos integrantes da chapa 2 seguirão apresentado aos empresários e sindicatos as propostas para fazer com que a FIEMT volte a ser independente e cumpra seu papel de defesa das condições para que as empresas gerem emprego e renda, no papel de força motriz do nosso Estado.
 
CHAPA 2 – FIEMT, RENOVADA E INDEPENDENTE
 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet