Olhar Agro & Negócios

Sexta-feira, 15 de novembro de 2019

Notícias / Logística

Governo assina termo e concessionária dá início a recuperação da MT-100

Da Redação - Thaís Fávaro

24 Set 2018 - 15:39

Foto: Sinfra

Governo assina termo e concessionária dá início a recuperação da MT-100
A concessionária de rodovias Via Brasil, recebeu oficialmente do Governo do Estado nesta segunda-feira (24) o trecho de 111,9 Km da rodovia MT-100, entre os municípios de Alto Araguaia e Alto Taquari, na região Sul do Estado. O termo de transferência foi assinado pelo secretario de Estado de Infraestrutura e Logistica, Marcelo Duarte, autorizando o inicio dos trabalhos de recuperação total da rodovia.

Leia mais
Governador assina contratos que asseguram R$ 800 mi para construção de pontes e estradas

O consórcio Via Brasil adquiriu o direito de administrar por 30 anos este trecho da rodovia em leilão realizado na Bolsa de Valores de São Paulo e assinou o contrato com o governo no dia 20 de agosto, no Palácio Paiaguás.

As cerimônias oficiais de repasse da rodovia concessionada aconteceram nos municípios de Alto Taquari e Alto Araguaia, na presença da diretoria do consórcio, dos representantes da Sinfra-MT, dos dois prefeitos, do promotor de Justiça João Ribeiro da Mota, vereadores, lideranças comunitárias e empresariais.

O presidente do Conselho de Administração do Consórcio Via Brasil MT-100, Mario Vieira Marcondes Neto, destacou a importância deste momento como um marco da história rodoviária de Mato Grosso. “Vamos refazer totalmente a rodovia, começando pelos 25 kms entre os dois municípios que estão em estado crítico. A princípio faríamos uma operação tapa-buracos emergencial neste trecho, mas decidimos iniciar a reconstituição imediata do pavimento, pois contabilizamos exatos 4. 912 buracos e quando chegássemos ao final os primeiros já teriam que ser refeitos. Portanto, vamos entrar direto no trabalho de reconstrução deste trecho crítico e em seguida os demais. Em um ano, vamos entregar uma rodovia em condições ideais de tráfego”.

O consórcio vai fazer a recuperação total dos 91,5 km e a implantação dos contornos de Alto Araguaia e Alto Taquari, que somarão 20,4 km. Somente após a devolução das condições adequadas de trafegabilidade e segurança da rodovia, haverá autorização para a cobrança de pedágio com todos os serviços de apoio ao usuário, guinchos para socorro, ambulâncias para eventuais acidentes, sinalização etc.

O secretário da Sinfra-MT, Marcelo Duarte, lembrou que esta rodovia já passou por uma  concessão no governo anterior, cancelada em função de várias irregularidades. “Desta vez, o governo se empenhou na modelagem adequada, com leilão na Bolsa de São Paulo vencido pelo consórcio Via Brasil, que atendeu todos os requisitos e exigências do edital e certamente entregará uma rodovia de primeiro mundo. O governo vai fiscalizar todos os trabalhos através da Sinfra e da Ager, e contará ainda com uma auditoria independente, assegurando o cumprimento de todas as metas previstas em contrato”, disse o secretário.

O prefeito de Alto Taquari, Fabio Garbugio, disse que este é um momento histórico para o município, agradecendo a escolha da MT-100 para iniciar a concessão de rodovias em Mato Grosso. “A prefeitura está dando todo apoio a esta obra que há décadas vem sendo reivindicada pela comunidade e que trará impactos positivos para todos os segmentos produtivos e sociais”, disse o prefeito.

O prefeito de Alto Araguaia, Gustavo Melo, também comemorou o repasse da rodovia à iniciativa privada. “Além assegurar o escoamento da produção e a circulação segura de pessoas e mercadorias, a recuperação total da MT-100 vai reaquecer a economia local, vai gerar novos empregos e aumentar a arrecadação para a prefeitura através do imposto sobre serviços”. 

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Danilo
    25 Set 2018 às 09:20

    É um absurdo chegar ao ponto que chegou gastar mais duas horas para rodar 60km de tanto buraco, vai tarde Tarques.

Sitevip Internet