Olhar Agro & Negócios

Terça-feira, 24 de setembro de 2019

Notícias / Política

Barbudo pede para China dar atenção aos frigoríficos de Mato Grosso

Da Redação - José Lucas Salvani

02 Jun 2019 - 08:28

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Barbudo pede para China dar atenção aos frigoríficos de Mato Grosso
O deputado federal Nelson Barbudo (PSL) pediu atenção para China quanto as plantas frigoríficas localizadas no Brasil, em especial as mato-grossenses. O pedido aconteceu em visita a Comissão de Agricultura, pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural da Câmara dos Deputados, que aconteceu nesta quinta-feira (30).

Leia mais:
“Sem radicalismo, aceitamos mudanças”, diz Barbudo sobre nova Previdência

"Temos a certeza que muitas plantas possuem condições de fornecer carne. Nossa ministra da Agricultura, Tereza Cristina [do DEM], muito competente, fez um ótimo trabalho nesta viagem e estamos muito felizes em ampliar o leque de exportações", pede ao ministro da Embaixada da República Popular da China no Brasil, Song Yang.

O parlamentar também convidou os chineses para conhecer o estado. "Como a China é um dos maiores parceiros comerciais do Brasil, gostaria que eles conhecessem o nosso Estado e vissem de perto a grandeza e o potencial de produtividade que nós temos".

Com relação a atual situação do mercado chinês por conta da peste suína, Barbudo disse que o país vai precisar de proteína, apontando que o Brasil seria responsável por este fornecimento. “Estamos atuando fortemente para estreitar esses laços comerciais para que o agronegócio brasileiro possa ampliar a criação de proteínas animais para fornecer a eles e assim gerar o superávit tão importante na balança comercial".

10 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Crô
    03 Jun 2019 às 09:54

    Emagreça, tire a barba e abandone o chapéu. Boa sorte

  • Areal
    03 Jun 2019 às 09:42

    QUE CARA MAL CARATER ESSE DEPUTADO...O SEU MITO DESMORALIZOU O MERCADO CHINES E AGORA VEM ELE COM ESSE DISCURSO SAFADO

  • JUCABALA
    03 Jun 2019 às 08:35

    China??? Como assim??? Vai negociar com um país comunista??? Isso é coisa do PT!!! Vende para os EUA. Liga para o Trump ele é amigão do "Mito". Vende para ISRAEL!!! Os dois países queridinhos do BOZO!!!!

  • alex
    02 Jun 2019 às 21:18

    o lema era que não deviamos nos relacionar ou colaborarcom os socialistas, pois eles eram maus.... os socialistas maus são os socialistas pobres (venezuelanos), se tiver dinheiro...muda....a direita não ve ideologia, ve apenas dinheiro...com dinheiro entrega-se até a mãe.

  • Moraes
    02 Jun 2019 às 20:35

    Quero assistir sua queda e a queda desse governo,de camarote Sr deputado.

  • AREAL
    02 Jun 2019 às 18:27

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • André
    02 Jun 2019 às 17:27

    Uai, Os "Comunista" agora Prestam? Não elegeu Bolsonaro? Agora arque com as consequências, só terão respeito se Respeitarem... BARBUDO falando injustamente dos PT, é um "Tigrão", pedindo Arrego pros Chineses é uma TchuChuquinha...

  • Milton CPA I
    02 Jun 2019 às 11:52

    Votaram nele? aguentem calados...

  • Ademir
    02 Jun 2019 às 10:34

    Caro senhor deputado seu pedido está errado, pede primeiro para o presidente Bolsonaro dar o devido respeito os investidores Chineses. Pois este governo falou muita coisa atravessada em relação a China, não precisa ir muito longe em MT quantos investimentos da China.

  • Valdiney mendes
    02 Jun 2019 às 10:06

    Agora ficou com medo de o estado quebrar divido a não confiança dos comunistas chineses ao governo brasileiro.

Sitevip Internet