Olhar Agro & Negócios

Quarta-feira, 13 de novembro de 2019

Notícias / Agricultura

Governador anuncia investimento privado de R$ 5 bi e elogia minirreforma: 'MT continua atrativo'

Da Redação - Carlos Gustavo Dorileo / Do Local - Erika Oliveira

04 Jul 2019 - 15:43

Foto: Mayke Toscano/Secom-MT

Governador anuncia investimento privado de R$ 5 bi e elogia minirreforma: 'MT continua atrativo'
Em meio à polêmica envolvendo o projeto que prevê a reinstituição e mudança de regras para incentivos fiscais, encaminhado pelo Executivo à Assembleia Legislativa, o governador Mauro Mendes (DEM) disse que Mato Grosso ainda segue atrativo para grandes empresas e anunciou nesta quinta-feira (4) a implantação, já para os próximos 15 dias, de uma fábrica que irá produzir cerca de 1,5 milhão de litros de etanol de milho por dia e que empregará mais de 3 mil pessoas direta e indiretamente na região de Sinop.

Leia também
Ethanol Bionergia prevê dobrar capacidade na produção em MT; estimativa é de 800 milhões de litros ao ano


O investimento está sendo feito pelo grupo Inpasa, que planeja depositar aproximadamente R$ 5 bilhões no Estado nos próximos anos. Para o governador, a aplicação bilionária mostra que Mato Grosso está no caminho certo e vem recuperando a credibilidade para atrair o capital de grandes empresas, mesmo com a reforma de restituição de incentivos fiscais encaminhadas pelo Executivo a Assembleia Legislativa.

“Isso mostra que Mato Grosso continua sendo local atrativo para investimentos, mostra que Mato Grosso está começando a recuperar sua credibilidade. Tudo isso em meio a uma reforma que nós encaminhamos de restituição de incentivos fiscais, tão importante para trazer segurança jurídica para que nós possamos criar competitividade para essas indústrias, para este setor aqui em Mato Grosso”, disse o governador.

De acordo com o diretor do Grupo Inpasa, Rafael Augusto Ranzolin, a grande quantidade de produção já inicia nas próximas duas semanas e deve empregar mais de 3 mil pessoas indiretamente, além dos 250 empregados que vão trabalhar dentro da empresa.

“Dentro de 15 dias vamos iniciar a operação da planta de Sinop, com altíssimo nível de tecnologia e vamos começar a produção de 1,5 milhão de litros de álcool durante os 365 dias do ano... Em Sinop estamos no canteiro com 1,8 mil pessoas em obra, mas teremos  250 trabalhando dentro da fábrica e indiretamente mais 3 mil empregos”, projetou.

O grupo já havia anunciado ontem as obras da planta da Ethanol Bioenergia em Nova Mutum, que produzirá cerca de 9,2 toneladas de óleo de milho em um ano. Segundo o diretor, o grupo está investindo algo em torno de R$ 2 bilhões nas duas unidades e tem o plano de investir em outras regiões.
 

4 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Ademir
    05 Jul 2019 às 14:54

    Noticia requentada, o Taques já também disse deste investimento ano passado, agora relançam de novo, e nada de novo realmente, cadê as indústrias ou fábricas de caminhões, tratores, têxtil, já que aqui somos potência e nenhum destes estão aqui ainda, isso que tem de ver e chamar , convidar os grandes para o estado do agronegócio do mundo , é aqui!!!!

  • Xico
    05 Jul 2019 às 13:54

    Favorecer os grandes é fácil.. quero ver favorecer as pequenas empresas . Mas na verdade ja quer colocar impsto.

  • Ney
    04 Jul 2019 às 17:32

    3000 indiretos ou melhor temporários, na verdade so 250 diretos poderia empregar muito mais ne!

  • Urbano Cruz
    04 Jul 2019 às 16:23

    Muito pouco governador. Elegemos o senhor para diminuir a maquina estatal com demissão de funcionários públicos e consequentemente realocar investimentos.

Sitevip Internet