Olhar Agro & Negócios

Quarta-feira, 16 de outubro de 2019

Notícias / Capacitação

Mais de 189 mil trabalhadores precisam ser qualificados em profissões industriais até 2023; veja lista

Da Redação - Thaís Fávaro

01 Out 2019 - 10:45

Foto: Reprodução/Assessoria

Mais de 189 mil trabalhadores precisam ser qualificados em profissões industriais até 2023;  veja lista
O estado do Mato Grosso terá de qualificar 189.717 trabalhadores em ocupações industriais nos níveis superior, técnico, qualificação e aperfeiçoamento entre os anos de 2019 e 2023. Os dados são do Mapa do Trabalho Industrial, elaborado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e divulgado na segunda-feira (30). Além disso, o Estado precisará aperfeiçoar a formação de trabalhadores que já estão empregados com carga horária superior a 200 horas e cursos voltados ao desenvolvimento de novas competências e capacidades dos profissionais. Veja a lista abaixo;
 
Leia mais
Rede de consultores imobiliários oferece plano de carreira com foco em atendimento ao cliente
 
Segundo o coordenador de Tecnologias Educacionais do SENAI-MT, Marcos Ribeiro, os setores que mais vão demandar mão de obra técnica profissional no estado são de energia e telecomunicações; logística e transporte; metalmecânica; construção; e profissionais habilitados para atender a demanda de outros segmentos, como técnico em eletrotécnica.

Por conta dessa janela de oportunidades, Ribeiro aponta que a capacitação profissional dos jovens, por meio da formação técnica, é importante para melhorar a produtividade e competitividade das empresas, além de atualizar as capacidades dos profissionais.

“As novas tecnologias trazem, justamente, os aperfeiçoamentos necessários para a profissão. Assim, é possível alcançar a melhoria da produção”, afirmou.

Qualificação profissional

As maiores demandas estão nas áreas de metalmecânica; alimentos; eletroeletrônica; equipamentos de transporte e veículos; além de energia e telecomunicações. São chamados de profissionais com qualificação transversal aqueles que trabalham em qualquer segmento, como técnicos em eletrotécnica e técnicos de controle da produção. 

O coordenador de Educação e Treinamento do Grupo Energisa em Mato Grosso, Janderson Silva, ressalta que as novas profissões estão surgindo no setor industrial devido à digitalização dos processos produtivos. Por isso, segundo ele, é fundamental que o trabalhador busque o aperfeiçoamento profissional como forma de se manter no mercado.

“Hoje, a gente já está vendo uma gama dessas profissões novas no mercado e a tendência é aumentar bastante. Se você não estiver preparado, você não consegue acompanhar essa movimentação e se manter empregado. O caminho mais certo é investir na educação”, indicou.

O Mapa do Trabalho Industrial mostra, ainda, que entre as ocupações que exigem cursos de qualificação técnica de carga horária menor de 200 horas e que mais vão demandar profissionais capacitados no Mato Grosso, estão as de logística e transporte; alimentos; transversais; metalmecânica e construção.

Formação de técnicos

As áreas que mais vão demandar capacitação profissional com formação técnica em Mato Grosso são transversais; energia e telecomunicações; logística e transporte; metalmecânica e construção. Profissionais com qualificação transversal trabalham em qualquer segmento, como técnicos em eletrotécnica e técnicos de controle da produção.

Cursos técnicos têm carga horária entre 800h e 1.200 h (1 ano e seis meses) e são destinados a alunos matriculados ou egressos do ensino médio. Ao término o estudante recebe um diploma.


Os jovens que tiverem interesse em uma dessas áreas podem acessar o site ou comparecer a uma das unidades do SENAI. Mais informações podem ser consultadas pelo telefone 0800 777 9737.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet