Olhar Agro & Negócios

Segunda-feira, 01 de junho de 2020

Notícias / Agronegócio

Plataforma desenvolvida em MT aponta crescimento de menos de 1% de áreas de soja; veja gráficos

Da Redação - Vinicius Mendes

27 Abr 2020 - 09:24

Foto: Reprodução / Ilustração

Plataforma desenvolvida em MT aponta crescimento de menos de 1% de áreas de soja; veja gráficos
A Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) atualiza em sua plataforma SojaMaps o mapeamento das áreas de soja do estado de Mato Grosso utilizando técnicas avançadas de sensoriamento remoto em nuvem. Neste ano-safra 2019/2020 foram detectadas mudanças de áreas de soja em alguns municípios, com um aumento de pouco mais de 4.500 hectares em todo o estado, o que equivale a menos de 1% de crescimento quando comparado com a safra anterior.

Leia mais:
Promotora pede cancelamento de concurso público por irregularidades com empresa organizadora

Entre os maiores municípios de Mato Grosso que cultivam a cultura da soja estão Sorriso, Nova Ubiratã, Nova Mutum, Campo Novo do Parecis e Diamantino, detectados no mapeamento.



Entre os que apresentaram maior cultivo, destaca-se aumento gradativo da área planta desde o início do monitoramento (safra 2016/2017) por Tapurah, Querência, Diamantino e Nova Ubiratã.



A mesorregião Norte mato-grossense se destaca no cultivo de mais de 6.8 milhões de hectares, seguido da Nordeste (1.8 MHa) e Sudeste (1.5 MHa).



Já os três biomas presentes no estado de MT, foi evidenciado cultivo de soja de mais de 6.3 MHa no Cerrado, 4.3 MHa na Amazônia e com menor expressividade no Pantanal, com pouco mais de 4.700 hectares.



Além disso, a plataforma disponibiliza o comportamento de alguns índices mensurados via imagens orbitais de forma mensal, tais como: evapotranspiração, Precipitação12, temperatura de superfície, área queimada, índice de precipitação padronizado/SPI e índice de área foliar. Para saber mais sobre a metodologia utilizada na plataforma, acessar as publicações científicas (Link 1, Link 2 e Link 3).

O mapeamento e a descrição da plataforma estão disponíveis no portal da Unemat em http://pesquisa.unemat.br/gaaf/sojamaps/.

O SojaMaps (INPI 915903890) é um projeto de extensão e de pesquisa do laboratório de Geotecnologia Aplicada em Agricultura e Floresta (GAAF), do câmpus da Unemat de Sinop, ligado ao curso de Geografia.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet