Olhar Agro & Negócios

Domingo, 14 de agosto de 2022

Notícias | Indústria

DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL

Uisa firma acordo com empresa que já investiu mais de R$ 450 milhões na criação e instalações de empreendimentos de biogás

Foto: Uisa

Uisa firma acordo com empresa que já investiu mais de R$ 450 milhões na criação e instalações de empreendimentos de biogás
Nova Olímpia sediará planta anexa ao complexo industrial da Uisa numa parceria firmada entra a biorrefinaria e a Biogás & Tech, que é referência na utilização de resíduos orgânicos para a produção, já tendo investido cerca de R$ 450 milhões em projetos de biogás. O acordo firmado tem na fase inicial do projeto a geração de energia elétrica, biometano e biofertilizantes por meio de resíduos da cana e demais biomassas. Está prevista a geração de cerca de 200 empregos, entre postos diretos e indiretos.

Leia mais: 
Governo federal já recebeu 11 pedidos para construção de ferrovias em MT e ultrapassa R$ 44 bi em investimentos projetados

A planta irá converter em biogás os resíduos líquidos e sólidos (vinhaça, torta de filtro e palha) resultantes do processamento de cana-de-açúcar, outras biomassas e resíduos agroindustriais locais, servindo também como uma plataforma de tratamento de efluentes orgânicos.

O biogás obtido na unidade da Uisa Geo Biogás vai permitir, na primeira fase do projeto, a geração de 32 mil megawatts por hora no ano (MWh/ano) e de 64 mil MWh/ano em sua segunda fase. Essa energia é suficiente para abastecer, por exemplo, uma cidade de 40 mil habitantes.

A planta de biogás vai trazer também impactos diretos para o desenvolvimento econômico e social do Mato Grosso. De imediato, as obras de instalação devem proporcionar mais emprego e mais renda para a população. Está prevista a geração de cerca de 200 empregos, entre postos diretos e indiretos.

O projeto UISA Geo Biogás será o quarto realizado pela Geo Biogás & Tech. Com 3 plantas em operação (Tamboara, Raízen Geo Biogás e Cocal Geo Biogás), a empresa já investiu mais de R$450 milhões em projetos de biogás e, em conjunto com seus parceiros, gera anualmente em torno de 41 MW de potência equivalente.

Para isso, o processo de transição da matriz energética, se alinhará com o movimento global de redução no uso de combustíveis fósseis nas cadeias produtivas. Gerar energia por meio dos resíduos que sobraram do próprio processo produtivo é o que se materializa como sustentabilidade para o acordo firmado na planta industrial.

Localizada em Mato Grosso desde 1980, a Uisa tem como diretriz a conjugação de suas atividades com a preservação do ecossistema local. A empresa tem iniciativas como o reflorestamento de áreas de nascentes de rios e lagoas no Estado, possuí mais de 30 mil hectares em áreas preservadas e mantém uma série de programas de proteção e preservação da fauna e flora local. A planta de biogás será um importante marco dessa visão de desenvolvimento sustentável.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet