Olhar Agro & Negócios

Terça-feira, 16 de agosto de 2022

Notícias | Indústria

PUJANÇA DO AGRO

Mesmo na pandemia, Porsche aumenta vendas no país e MT tem fila de espera por carros de luxo

Foto: Assessoria

Mesmo na pandemia, Porsche aumenta vendas no país e MT tem fila de espera por carros de luxo
Mesmo com a pandemia, a Porsche bateu recorde de vendas no país, entre 2020 e 2021 e alcançou crescimento de 24%.  No estado, conforme explicou o gerente da Rivenditori - revendedora de veículos premium de Cuiabá –, Rosi Cidram, Mato Grosso tem conquistado cada vez mais público para esse segmento e  a expectativa é pela chegada dos esportivos mais requisitados da categoria em 2022. “Estamos aguardando a chegada do Porshce Macan e Cayenne (578 carros)”, disse.
 
 Leia mais: 
MT tem o metro quadrado de construção mais barato do Centro-Oeste


O gerente de comunicação e relações públicas da Porsche no Brasil, Leandro Rodrigues, disse em entrevista para a BBC Brasil, em janeiro deste ano, que “Em 2021, nós vendemos 3.079 veículos aqui no país, um crescimento de 24% em relação a 2020, quando havíamos vendido 2.487 unidades”.
 
Em Mato Grosso, o segmento dos esportivos de luxo é representando pela Rivenditori, em Cuiabá. Segundo explicou Rosi Cidram, gerente da concessionária, há uma fila de espera pelos carros. Inclusive, a revenderora está aguardando a chegada de 578 Porsches, divididos entre Porshce Macan e Cayenne, além de unidades do elétrico Taycan em 2022

“Sabemos que a fila de espera é grande, afinal a Porsche bateu recorde de vendas no Brasil nos anos de 2020 e 2021, quando começar o período de entrega mais acelerado, acredito que Mato Grosso dará uma boa resposta a este segmento que cada vez mais conquista nosso público”, pontuou Rosi Cidram.

Outro nome do ramo, o empresário Amir Maluf explicou que a pujança do agronegócio movimentará o segmento, impulsionando e convertendo a demanda em vendas no próximo semestre, gerando um importante implemento financeiro no setor. ““Quando a Porsche começar a liberar com mais rapidez a linha de produção sentiremos mais uma vez pujança do agronegócio [...] nossos principais clientes vêm do agro”, esclareceu.
 
Além disso, Maluf pontuou que a guerra que vivida no leste europeu não refletiu, até o momento, em um recuo na lista de espera pelos esportivos em Mato Grosso. “No em entanto ansiamos pelo fim do conflito o mais breve possível, claro que sem colocar no topo os interesses comerciais, mas sim o retorno da paz mundial, nosso maior desejo”, finalizou Maluf.
 
 
 
 
 
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet