Olhar Agro & Negócios

Domingo, 14 de agosto de 2022

Notícias | Geral

PNAD CONTÍNUA DO IBGE

Renda média atinge o menor valor da década em Mato Grosso

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

Renda média atinge o menor valor da década em Mato Grosso
O rendimento médio mensal domiciliar por pessoa em Mato Grosso caiu 6,7% em 2021 e passou de R$ 2.411,00 em 2020 para R$ 2.249,00. Este é o menor valor da série histórica, iniciada em 2012, da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) Contínua: Rendimento de todas as fontes 2021, divulgada, nesta sexta-feira (10), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Leia também:
Empresa de energia solar, Oeste Solar é certificada com a ISO 9001

A queda na renda observada no estado de Mato Grosso acompanhou os índices nacionais. Em todo o território brasileiro houve variação negativa de 6,9% no rendimento mensal em 2021. Os ganhos médios dos brasileiros passaram de R$ 1.454 em 2020 para R$ 1.353 no ano passado.

“Esse resultado é explicado pela queda do rendimento médio do trabalho, que retraiu mesmo com o nível de ocupação começando a se recuperar, e também pela diminuição da renda das outras fontes, exceto as do aluguel”, explica Alessandra Scalioni, analista da pesquisa.

Made with Flourish


Conforme Scalioni, uma das principais causas da queda no rendimento de outras fontes foi a mudança nos critérios de concessão do auxílio emergencial ocorridos em 2021. O percentual de pessoas com algum rendimento, de qualquer tipo, na população do país também caiu: de 61% para 59,8%, retornando ao percentual de 2012, o menor da série. 

Houve redução em todas as regiões, principalmente no Norte. O Sul (64,8%) continua com a maior estimativa, como aconteceu em todos os anos da série histórica. As menores são nas regiões Norte (53,0%) e Nordeste (56,3%).

 

 
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet