Olhar Agro & Negócios

Domingo, 21 de abril de 2024

Notícias | Agronegócio

CONHEÇA

Pulverizador PLA 125J: tecnologia e eficiência John Deere para uma maior produtividade no campo

Foto: Divulgação/John Deere

Pulverizador PLA 125J: tecnologia e eficiência John Deere para uma maior produtividade no campo
A PLA foi a primeira empresa a fabricar pulverizadores autopropelidos na América Latina e é reconhecida por ser especialista em tecnologia de pulverização. O seu conhecimento é resultado de 45 anos de aprimoramento e, em 2018, se uniu à experiência, inovação, tradição e valores da John Deere, empresa global de tecnologia que fornece software e equipamentos para os setores agrícola, de construção e florestal.

Leia também
Mato Grosso liderou produção de soja, milho e algodão no Brasil com 30% de participação


Com isso, os atributos dos pulverizadores PLA, aliados à força, suporte e conectividade John Deere, são ideais para um mercado cada vez mais exigente, no qual os clientes têm consciência de que não necessitam apenas de um produto, mas de um conjunto de soluções para aumentar a sua produtividade.

Clientes de pequenas e médias propriedades estão migrando dos antigos sistemas de pulverização de arrasto para pulverizadores autopropelidos em busca de máquinas mais leves e de fácil operação, com o objetivo de aumentar a rentabilidade, sustentabilidade e reduzir custos em campo.

Nesse sentido, a PLA by John Deere desenvolveu o pulverizador PLA 125J. Ao Olhar Direto, Sebastián Malamud, gerente geral da PLA para América do Sul, disse que o 125J foi fabricado para ser um pulverizador de entrada, que atende uma nova demanda do mercado e contempla as necessidades desses potenciais clientes. O equipamento tem 2.500 L de capacidade de calda e é fabricado no complexo da John Deere em Canoas, no Rio Grande do Sul.

"O PLA 125J é para o produtor que está crescendo na agricultura, que precisa ganhar eficiência operacional, colocar tecnologia no campo sem ser uma operação sufocante. Por isso, o nosso foco é o trabalho dos pequenos e médios produtores”. O executivo acrescenta que essa é uma das estratégias por trás da marca PLA, ser um pulverizador de entrada que possui tecnologia e o respaldo da John Deere.

Nesse sentido, Malamud destaca ainda que o PLA 125J já sai de fábrica com toda a tecnologia e o ecossistema John Deere integrados, desde motor e telemetria até a cabine.  "A máquina tem telemetria e piloto automático da John Deere. É tudo integrado. Hoje, as operações de um pulverizador são iguais às de qualquer outro equipamento John Deere, como um trator ou uma colheitadeira. Todos os dados agronômicos da máquina são transmitidos para a nuvem, ou seja, quanto pulverizou, qual a velocidade de aplicação”, explica. Na prática, isso significa que todos os dados agronômicos da operação de aplicação são automaticamente enviados para o John Deere Operations Center, uma plataforma da companhia na qual o produtor pode registrar todas as operações e tomar decisões em tempo real.

A tecnologia de agricultura de precisão John Deere incorporada ao PLA 125J permite ainda o controle e corte de seções, taxa variável, mapa de pulverização e gerenciamento dos dados de aplicação via John Deere Operations Center.

Diferenciais

O PLA 125J vem de fábrica com as novas cabines John Deere, que proporcionam conforto, segurança, operação simplificada e ergonomia para o operador. Além disso, a combinação do chassi, trens de rodagens independentes e suspensão garantem maior estabilidade da máquina e uniformidade na aplicação. Por sua vez, o chassi powerflex, em três níveis de sustentação, garante distribuição de peso e resistência, contribuindo para uma operação estável em terrenos irregulares.

Os trens de rodagem independentes são fixados por tensores pantográficos, barras estabilizadoras, e contam com molas pneumáticas. Isso proporciona melhor flexibilidade e desempenho superior, uma vez que mantém as quatro rodas sempre em contato com o solo e tracionando, ajudando a reduzir o desgaste do equipamento causado pela vibração.

O pulverizador traz ainda um exclusivo sistema articulado de quadro e barra, uma tecnologia simples, sem uso de sensores eletrônicos, que mantém de forma eficaz a estabilidade em toda a extensão da barra, mesmo em terrenos irregulares ou inclinados.

Malamud explica que essa barra possui um comprimento de 27 metros e vem equipada com a tecnologia de corte de sessões. Na prática, essa funcionalidade entra em ação durante a distribuição do produto, e o sistema detecta a ausência de lavoura para a aplicação. Nesse cenário, uma das sessões se fecha automaticamente, a fim de garantir maior eficiência na distribuição do produto.

"Ao longo desses 27 metros da barra de aplicação, há até sete sessões. Ao passar por um trecho que não tem lavoura, a máquina pode desconectar automaticamente uma sessão da barra para não aplicar produto sobre uma área vazia. Isso é uma operação mais eficiente”.

Por último, Malamud ressalta que, além da John Deere comercializar o PLA 125J, a companhia tem hoje a maior rede de concessionários de máquinas agrícolas do Brasil. Em sua opinião, isso facilita o atendimento e garante mais agilidade aos clientes. “Essa estrutura faz com que os produtores tenham mais técnicos disponíveis para atenderem às suas máquinas e mais pontos de vendas espalhados ao redor do Brasil, com exclusividade de uma marca de mais de 186 anos”, finaliza.
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet