Olhar Agro & Negócios

Sábado, 24 de fevereiro de 2024

Notícias | Geral

Agricultura

Governo entrega silo de armazenamento de leite e novilhas prenhes para produtores familiares

Governo entrega silo de armazenamento de leite e novilhas prenhes para produtores familiares
A Secretaria Estadual de Agricultura Familiar (Seaf) entregou um silo de armazenamento de leite, com capacidade para 40 mil litros, e 30 novilhas prenhes a produtores familiares de Alta Floresta para incentivar a cadeia produtiva do leite, em Mato Grosso. Esses investimentos ultrapassam R$ 1,3 milhão. 

Leia também 
Bilionário do agro de MT, Elusmar Maggi planeja investir no Internacional, seu time do coração


A ação faz parte do Programa MT Produtivo Leite, desenvolvido pela Seaf, em parceria com a Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer) e a Cooperativa Agropecuária Mista Ouro Verde (Comov), que reúne 140 produtores de leite. 

O presidente da Comov, Antônio Favarin Sobrinho, afirmou que os investimentos do Governo têm feito a diferença na vida dos produtores e que o silo vai mais que dobrar a capacidade de armazenamento do leite recebido das propriedades, passando para 70 mil litros.

Além do silo e das novilhas, a produção de leite em Alta Floresta tem sido impulsionada por outras entregas feitas pelo Governo do Estado, como ressaltou o presidente da cooperativa.

“O estado tem sido muito parceiro da cooperativa e da agricultura familiar. Tem disponibilizado, na parte de melhoramento genético, sêmen e embriões sexados para implantar nos animais, e forneceu resfriadores aos produtores, ordenhadeiras mecânicas para aqueles que faziam a ordenha manual, um caminhão com câmara fria que é utilizado na parte de distribuição dos produtos lácteos industrializados e, recentemente, essa maravilha que é esse silo de armazenamento”, afirmou. 

O silo vai melhorar o fluxo do trabalho do laticínio, segundo Antônio Favarin. “Ele recebe e resfria o leite. Possui limpeza automática dos equipamentos, e tem também um medidor de vazão, e, quando chega um caminhão de leite na plataforma, passa por esse aparelho confirmando a captação com recebimento e isso vai dar precisão no gerenciamento da indústria de laticínio”, disse. 

Com o apoio do estado desde 2019, a cooperativa se estruturou, fortaleceu e expandiu a produção.

Atualmente, o local processa 400 mil litros de leite por mês. São 11 tipos de produtos, que variam entre bebidas lácteas, manteiga, doce e três variedades de queijo, além do leite pasteurizado que atende a merenda escolar.

As novilhas são da raça girolando ½ sangue e garantem maior rentabilidade pela alta produtividade de leite.

“O Governo do Estado tem buscado melhorar a produção de leite, que é a principal atividade econômica de muitos municípios mato-grossenses, dando estrutura para que os produtores possam aumentar a produtividade, tanto com melhoramento genético quanto com a mecanização da produção, entre outros investimentos”, enfatizou a secretária estadual de Agricultura Familiar, Teté Bezerra.
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet