Olhar Agro & Negócios

Domingo, 21 de abril de 2024

Notícias | Agronegócio

NOS ÚLTIMOS ANOS

Presidente da Amaggi aponta crescimento dobrado da empresa após investimentos de R$ 20 bilhões

Foto: Divulgação

Presidente da Amaggi aponta crescimento dobrado da empresa após investimentos de R$ 20 bilhões
A Amaggi é um dos maiores grupos do agronegócio brasileiro, com mais de 400 mil hectares em lavouras, e colheitas de 1,2 milhão de toneladas de soja, algodão e milho. Segundo o CEO do conglomerado, Judiney Carvalho de Souza, 51 anos, a Amaggi é uma empresa de originação, que cresce cada vez mais. Em entrevista à Forbes Agro, o presidente-executivo detalha um pouco mais sobre o sucesso do grupo fundado em 1977, por André Maggi.

Leia mais
Família Scheffer investe mais de R$ 400 milhões e adquire 5% da SLC Agrícola

Com sede em Cuiabá, a Amaggi está presente em todas as regiões do Brasil e desenvolve suas atividades por meio de quatro áreas de negócio: produção agrícola, commodities, energia e logística e operações. A empresa também mantém escritórios e unidades em diferentes países como Argentina, Paraguai, Holanda, Noruega, Suíça, China e Singapura.

O grupo produz anualmente cerca de 1,2 milhão de toneladas de grãos e fibras, entre soja, milho e algodão. A companhia possui uma base de relacionamento comercial de aproximadamente seis mil produtores rurais e, em 2022, comercializou cerca de 18,6 milhões de toneladas de grãos e fibras em todo o mundo.

“Nos últimos 10 anos, investimos R$ 20 bilhões. E desde que a Amaggi nasceu, a cada oito anos, dobramos o tamanho da empresa”, declarou o CEO.

Segundo Souza, a constância nos resultados é fruto da construção e execução de um plano estratégico revisto a cada três anos. “Hoje, temos 100% do que ocorre na Amaggi mapeado e acompanhado. E vamos continuar crescendo junto com nossos parceiros”.

Um dos desafios atuais, conforme explica o executivo, é a formação dos colaboradores para os trabalhos nas fazendas. Ao todo, são 8.600 funcionários em todo o grupo, mas quem trabalha no meio rural recebe uma formação continuada, por meio da Universidade Amaggi, que reúne 14 escolas.

“Não tem sentido você colocar uma máquina que pode custar R$ 8 milhões nas mãos de uma pessoa que não sabe guiar uma moto. Isso é um modo de dizer que é preciso investir na educação, porque ela muda a pessoa e muda o seu comportamento, a sua cultura”, afirma Judiney.

A André Maggi Participações, a Amaggi, é controlada por cinco famílias herdeiras de André Maggi, incluindo a do ex-ministro de Agricultura, Blairo Maggi. Em 2022, o grupo faturou R$ 47,37 bilhões, valor 24% acima do registrado em 2021.

(Com informações da Forbes Agro)
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet