Olhar Agro & Negócios

Quarta-feira, 17 de julho de 2024

Notícias | Geral

carne sustentável

Entrada de outros países na disputa pela carne mato-grossense ajuda a reduzir dependência da China

Foto: Marcos Vergueiro/Secom-MT

Entrada de outros países na disputa pela carne mato-grossense ajuda a reduzir dependência da China
A entrada de outros países na aquisição da carne vermelha de Mato Grosso tem reduzido a "dependência" do estado da China. Em maio, foi exportado mais de 68 mil toneladas da proteína. O Brasil possui a carne mais sustentável a nível mundial.


Leia também
Sustentabilidade da carne bovina e baixo carbono auxiliam nas exportações à China, diz presidente do IMAC


De acordo com a Secretaria de Comércio Exterior (Secex), a China continua sendo a principal importadora de carne do estado. No mês anterior o país asiático importou 24,54 mil toneladas de carne.

Também entraram na "briga" pela carne o Chile, Egito, Estados Unidos, Líbia, Rússia e Turquia. Juntos, eles acumularam 7,88 mil toneladas importadas.

A participação de outros países nas exportações de Mato Grosso tem causado uma menor depêndencia da China nas vendas da proteína vermelha.

O presidente do Instituto Mato-grossense de Carne (IMAC), Caio Penido, ressaltou que o estado possui uma das carnes mais sustentáveis do mundo

Penido enfatizou ainda que com o código florestal brasileiro, a pecuária brasileira produz carne de qualidade com baixa pegada de carbono e conservação da biodiversidade.

"Os olhares do mundo se voltaram para Mato Grosso. Se existe uma carne verde disponível em larga escala no mundo é a carne brasileira, principalmente a carne de Mato Grosso", disse o presidente do Imac.
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet