Olhar Agro & Negócios

Sábado, 24 de julho de 2021

Notícias / Pecuária

caprinovinocultura

Fenagri e Expovale são lançadas oficialmente em Juazeiro

SEAGRI BA - Secretaria da Agricultura, Irrigação e Reforma Agrária

15 Abr 2013 - 15:26

O fortalecimento da agricultura irrigada e da caprinovinocultura, além da integração do pequeno produtor, são algumas das metas da 24º Fenagri e da 7º Exposição de Caprinos e Ovinos do Vale do São Francisco (Expovale), que acontecem entre os dias 14 e 19 de maio, no campus da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf). A realização de negócios é apenas um dos desafios, entre muitos que o evento tem para a região, como explica o secretário estadual da Agricultura, engenheiro agrônomo Eduardo Salles, que participou da solenidade de lançamento dos eventos, na manhã desta sexta-feira (12), em Juazeiro.

Ele afirmou que “este será um evento marcante, que representa a integração. Essa região, uma das mais importantes da agropecuária brasileira, que reúne condições ideais de solo, clima e disponibilidade de água em abundância, já é a maior exportadora de frutas do Brasil e, com certeza, em breve se tornará a maior exportadora de cortes especiais de carne de ovino e caprino do mundo”. De acordo com Salles, “esse período de seca prolongada talvez seja o momento de juntos decidirmos um novo rumo para o Vale do São Francisco”.

A seca também foi assunto relatado por Eduardo Salles. Ele informou que Juazeiro e Remanso serão municípios pólos de distribuição das 80 toneladas de milho que chegará à Bahia a partir do mês de maio, oriundo do governo federal, para venda balcão ao preço subsidiado de R$18,12 por saca, limitado a seis mil quilos por produtor.

O secretário ainda informou que no dia 22 deste mês, em Petrolina, se reunirá com os secretários estaduais de Agricultura do Nordeste, secretários executivos de diversos Ministérios, na sede da Embrapa Semiárido, para discutir ações preparatórias para o período de pós-seca e medidas permanentes de convivência com o semiárido.

O prefeito do município, Isaac Carvalho Cavalcante, disse que a idéia do evento também é de mostrar a potencialidade do Vale do São Francisco do Brasil para o Mundo. “Vamos receber aqui pessoas que vão conhecer a região e esse será um momento de expor nossas culturas”, pontuou.

O presidente da Associação de Caprinos e Ovinos do Vale do São Francisco (ACOSSFF), Marcos Rogério, disse que integrar a caprinovinocultura com a agricultura irrigada é um sonho de todos. “Precisamos fazer com que a região não seja conhecida apenas pelo potencial comercial das frutas. A discussão sobre a sustentabilidade da criação de ovinos e caprinos é essencial”, destacou.

Entre os participantes do evento estavam o superintendente da Codevasf em Juazeiro, Emanuel Lima; a coordenadora do Sebrae no município, Jussara Oliveira; o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Juazeiro, Agnaldo Meira; o secretário da Agricultura de Juazeiro, Josival Barbosa; o presidente da Acossff, Marcos Rogério; o sub-secretário de Relações Institucionais do governo da Bahia, Pedro Alcântara; o prefeito de Juazeiro, Isaac Cavalcante; o vice-prefeito de Petrolina, Francisco Oliveira.

Estrutura

O evento ocupa uma área de 20.000m², são 180 baias para exposição de animais (caprinos e ovinos), onde ainda haverá a realização de mini-cursos, workshops, seminários e leilões. A expectativa é que sejam gerados cerca de R$ 10 milhões em negócios e esperadas 60 mil pessoas. A organização da feira é de responsabilidade da Prefeitura de Juazeiro, Governo da Bahia, das associações ACIAJ e ACCOSSF e Instituto Agrotecnologia.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet