Olhar Agro & Negócios

Quarta-feira, 14 de abril de 2021

Notícias / Pecuária

raça crioula

Uruguaiana define finalistas em duas modalidades

ABCCC - Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos

29 Abr 2013 - 12:30

Foto: Reprodução - Ilustração

Uruguaiana define finalistas em duas modalidades
A programação da raça crioula movimentou a 11ª Expo-outonal de Uruguaiana, realizada no Parque Agrícola e Pastoril da cidade. O evento, que reúne julgamentos de várias das principais raças de animais no estado, como Hereford, Braford, Brangus e Angus, também contou com mais uma Exposição Morfológica Passaporte e uma semifinal do Campeonato Nacional de Paleteadas. Ambas garantindo vagas às finais na Expointer.

O julgamento morfológico foi promovido Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos Flávio Bastos Tellechea, e contou com a participação de 110 animais (30 machos e 80 fêmeas). A quantidade e qualidade de animais, principalmente nos trios surpreendeu público e o jurado Fábio Camargo, oriundo da cidade de Vacaria, no Rio Grande do Sul. “Foi um julgamento muito pessoal. Qualquer criador poderia mudar a fila e o resultado continuar justo. Grande evento”, diz o criador.

A disputa pela escarapela de melhor exemplar da raça pôs frente a frente duas cabanhas de grandes conquistas. A Cabanha KT, de propriedade de Alfredo, Guilherme e Diego Tellechea foi representada pela égua menor KT Trinca, finalista da morfologia no ano passado. Já a bageense Cabanha Cala Bassa contou com a participação do filho de um consagrado campeão, Bem Feito Cala Bassa, que levou a melhor no duelo.

Já a semifinal de paleteada garantiu vaga à doze duplas na grande final. Sob julgamento de Renato Gonçalves e Torquato Petrarca, os 114 conjuntos participantes enfrentaram o calor e um gado de muita qualidade, dando um espetáculo para o público do evento.

O primeiro lugar na disputa ficou com Pablo e Rogério Fialho, que montaram Estrela da Pitangueira e Recorrida da Fé. A dupla corre em conjunto a três anos e se orgulha de já ter participado de uma final da modalidade. “É uma alegria ganhar mais esta etapa. Depois de nos credenciarmos em primeiro lugar, vencer aqui também é um grande trunfo. Estar na pista de Esteio novamente não tem preço”, diz Rogério.

A supervisão técnica do evento ficou a cargo de Paulo Armando Rebello Solheid, inspetor credenciado à Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC).

Comentários no Facebook

Sitevip Internet