Olhar Agro & Negócios

Terça-feira, 27 de julho de 2021

Notícias / Pecuária

suinocultura

Carta consulta de R$ 36,6 milhões para Projeto de Ampliação é aprovada

Ícone Assessoria de Imprensa

03 Mai 2013 - 11:26

Foto: Reprodução - Ilustração

Carta consulta de R$ 36,6 milhões para Projeto de Ampliação é aprovada
O Conselho de Desenvolvimento Agrícola de Mato Grosso (CDA-MT) - que avalia as proposta de pleito de recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste (FCO) - aprovou em reunião na semana passada a carta consulta para o investimento de R$ 36,6 milhões no Projeto de Ampliação da Suinocultura da empresa Ideal Agro.

1º Dia de Campo do Suinocultor debate os desafios do mercado
Capacitação de suinocultores de MT é tema de reunião em Brasília

Segundo o secretário-adjunto de Pecuária e Abastecimento da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Rural e Agricultura Familiar (Sedraf), Luiz Carlos Alécio, é motivo de orgulho apresentar uma carta consulta que direciona recursos para fortalecer a cadeia produtiva da suinocultura. “É muito satisfatório saber que o estado pode contribuir e desenvolver essa cadeia produtiva, principalmente a região do médio norte onde a gente acompanha desde o início”, afirmou.

Suinocultores criam comitê visando aprimorar defesa sanitária

Para o diretor executivo da Acrismat, Custódio Rodrigues, a aprovação do projeto vem em boa hora, após a crise em 2012. “Mato Grosso atualmente tem entre 120 a 125 mil matrizes, decrescemos nos dois últimos anos entre 10 a 12 mil matrizes. Deixamos de produzir, de gerar receitas consideráveis para o estado, por isso a importância desse projeto, que desenvolve a região e dando competitividade para o Brasil no mercado mundial”, pontuou.

De acordo com o gerente da Ideal Agro, Lisandro Haupenthal, o Projeto de Ampliação da Suinocultura Estratégia consiste no crescimento e ampliação modulada da produção para abate de suínos em Nova Mutum (MT). “Com os investimentos a empresa espera produzir 2.800 suínos para abate por dia, com alto padrão sanitário, alto desempenho, atendendo os mercados mais exigentes”, conta. Lisandro ainda salienta que serão gerados 300 empregos diretos e 2.300 indiretos, e aproximadamente R$ 5 milhões serão movimentados no município no processamento de grãos, transporte, comercialização, abate e industrialização.

Um dos sócios da Ideal Agro, Pedro Roberto Ticiano, conta que o projeto já é um sonho da empresa há cinco anos e que finalmente com a aprovação da carta consulta saíra do papel. “Foi uma árdua batalha para conseguir todos os requisitos e licenças ambientais e contamos sempre com o apoio da Acrismat nesse processo. Agora é um momento de muita alegria e de nos preparar para a construção da primeira das quatro granjas de 5.500 matrizes”, disse Pedro.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet