Olhar Agro & Negócios

Sábado, 04 de julho de 2020

Notícias / Política

Duplicação da BR-163 e Terminal de Rondonópolis devem ser incluídos no PAC da Infraestrutura

Obra de duplicação do trecho que liga Centro Intermodal de Rondonópolis (CIR) será incluída no Programa de Aceleração do Crescimento, PAC da Infraestrutura, afirmou o deputado federal Wellington Fagundes (PR/MT) ao Agro Olhar. O parlamentar confirmou que a obra a ser realizada na BR-163 em uma extensão de 25 quilômetros recebeu o aval dos ministros dos transportes e do planejamento.

Da Redação- Priscilla Silva

26 Mai 2012 - 09:20

Foto: Aprosoja

Duplicação da BR-163 e Terminal de Rondonópolis devem ser incluídos no PAC da Infraestrutura

Duplicação da BR-163 e Terminal de Rondonópolis devem ser incluídos no PAC da Infraestrutura

Obra de duplicação do trecho que liga Centro Intermodal de Rondonópolis (CIR) será incluída no Programa de Aceleração do Crescimento, PAC da Infraestrutura, afirmou o deputado federal Wellington Fagundes (PR/MT) ao Agro Olhar. O parlamentar confirmou que a obra a ser realizada na BR-163 em uma extensão de 25 quilômetros recebeu o aval dos ministros dos transportes e do planejamento.

Ministro afirma que vai viabilizar duplicação da 163 até terminal da ALL
Atraso em obra da ALL adia licença para Rondonópolis

O parlamentar ressaltou a importância da duplicação da via e um valor estimado para sua concretização. “Isso é fundamental para que não ocorra o trancamento da cidade, como o que presenciamos em Alto Araguaia, onde gerou uma fila de caminhões para descargas. A obra deverá ficar entre R$ 70 e R$ 80 milhões, pois existem muitas obras de artes a serem realizado no trecho que liga Rondonópolis ao Terminal”, explicou.

O complexo está em sua fase final de construção e dentro de 60 deverá ficar pronto. A inclusão da obra no PAC atende a uma exigência feita pelo prefeito de Rondonópolis, Percival Muniz, que condicionou a liberação da licença de operações do Terminal à duplicação do trecho.

A duplicação é uma obra que poderá se estender para mais de dois anos, mas o terminal rodoviário deverá ficar pronto em 60 dias. Quando a disparidade dos prazos o parlamentar ressaltou um problema crônico do país, a falta de pavimentação das vias.

“A duplicação já era para estar pronta, mas no Brasil existem quilômetros de malha viária para ser pavimentada e não consegue suprir essa demanda, Mato Grosso é mais um estado com esse problema”, ponderou.

Segundo o deputado, a inclusão da obra no PAC partiu de um relatório elaborado pelo ministro do transporte, César Borges (PR). “O ministro dos transportes esteve no município e elaborou um relatório falando da necessidade da duplicação do trecho e o ministério de planejamento já reconheceu a importância dessa duplicação”, afirmou.

O Terminal Intermodal foi construído para ser o maior da América do Sul com investimentos de R$700 milhões e em uma área de 400 hectares. No local haverá um centro comercial, pátio para estacionamento de caminhões e postos de abastecimento.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet