Olhar Agro & Negócios

Quinta-feira, 17 de junho de 2021

Notícias / Agricultura

lançamento de produtos

Controle de nematoides e ramulária em foco no Dia de Campo do Algodão

Apesar de praticamente invisíveis nas lavouras, os nematoides são uns dos principais problemas dos agricultores de Mato Grosso e não poderiam ficar de fora do Dia de Campo do Algodão, que será realizado em Sapezal (cerca de 480 km a noroeste de Cuiabá), na manhã do próximo sábado (22). Na ocasião, o pesquisador Rafael Galbieri, fitopatologista do Instituto Mato-grossense do Algodão (IMAmt), abordará alguns dados preliminares de um estudo que está sendo realizado em todas as regiões produtoras do

Assessoria / Ampa

19 Jun 2013 - 16:03

Foto: Reprodução / Ilustração

Controle de nematoides e ramulária em foco no Dia de Campo do Algodão

Controle de nematoides e ramulária em foco no Dia de Campo do Algodão

Apesar de praticamente invisíveis nas lavouras, os nematoides são uns dos principais problemas dos agricultores de Mato Grosso e não poderiam ficar de fora do Dia de Campo do Algodão, que será realizado em Sapezal (cerca de 480 km a noroeste de Cuiabá), na manhã do próximo sábado (22). Na ocasião, o pesquisador Rafael Galbieri, fitopatologista do Instituto Mato-grossense do Algodão (IMAmt), abordará alguns dados preliminares de um estudo que está sendo realizado em todas as regiões produtoras do Estado, em parceria com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa).

Veja também:
Pesquisador propõe manejo integrado de Helicoverpa em Dia de Campo do algodão

Produtores de algodão terão Dia de Campo no próximo dia 22

Esse estudo indica o agravamento do problema nas lavouras de algodão de Mato Grosso e, por isso, durante o Dia de Campo, Galbieri vai apresentar medidas de manejo dessas parasitas em algodoeiro, como a rotação de culturas e a resistência genética. A publicação dos resultados desse estudo deverá acontecer no início de 2014.

Na estação "Monitoramento fitossanitário no algodoeiro em Mato Grosso", em Sapezal - que o fitopatologista dividirá com o pesquisador Edson Andrade Júnior e o engenheiro agrônomo Renato Tachinardi - Galbieri também apresentará resultados de trabalhos sobre o fungo causador da mancha de ramulária, destacando sua grande variabilidade no Brasil e as possíveis implicações dessa informação no controle da doença no algodão.

"Novas tecnologias nas variedades IMAmt e programa de Qualidade do Algodão", "Manejo de pragas no sistema de produção para o produtor de algodão" e "Importância e potencial de Mato Grosso para o cultivo de oleaginosas" serão outros temas abordados no Dia de Campo. Realizado pela Associação Mato-grossense do Algodão (AMPA), pelo IMAmt e pela Cooperativa Mista de Desenvolvimento do Agronegócio (Comdeagro), o evento acontecerá na fazenda Carajás, de propriedade do Grupo Scheffer.

O local de encontro para inscrições e formação dos grupos - e para o almoço - será o CTG Chama da Tradição (Avenida Antonio André Maggi, s/nº). O Dia de Campo terá patrocínio do Instituto Brasileiro do Algodão (IBA) e da Syngenta, que fará lançamento de produtos, e apoio do Grupo Scheffer.

Serviço

O que: Dia de Campo do Algodão
Quando: 22 de junho (sábado), a partir das 7h30
Onde: Fazenda Carajás em Sapezal.
Inscrições e formação dos grupos no CTG Chama da Tradição (Avenida Antonio André Maggi, s/nº)

Comentários no Facebook

Sitevip Internet