Olhar Agro & Negócios

Terça-feira, 28 de setembro de 2021

Notícias / Agronegócio

ONEROU

Sitiantes reclamam da cobrança de pedágio na MT-130 e querem parceria

As duas praças de pedágio entraram em operação na segunda-feira (15) e o valor cobrado é de R$ 6, 50 por veículo.

De Rondonópolis - Cairo Lustoza - Agroolhar/Agência Pauta Pronta

17 Out 2012 - 09:37

Foto: Assessoria

Pequenos agricultores reclamam que a tarifa onera a agricultura familiar da região

Pequenos agricultores reclamam que a tarifa onera a agricultura familiar da região

Sitiantes e chacareiros da região de Rondonópolis não ficaram contentes com o começo da cobrança de pedágio na MT-130, entre o município e Primavera do Leste (200 km de Cuiabá). Isso por que a tarifa que eles precisarão pagar toda a vez que forem levar seus produtos até a cidade onera o custo de produção.

As duas praças de pedágio entraram em operação na segunda-feira (15) e o valor cobrado é de R$ 6, 50 por veículo.

Junto com profissionais das áreas de saúde e educação – que também usam a rodovia estadual diariamente -, os pequenos agricultores procuraram os vereadores Adonias Fernandes de Souza (PMDB), Olímpio Alvis (PR) e Reginaldo dos Santos (PPS), na segunda-feira (15), para reclamarem da despesa onerosa que passaram a ter nas duas praças de cobrança.

“A cobrança de pedágio representa uma despesa cara para os reclamantes, que utilizam diariamente a MT-130”, observou o vereador Adonias Fernandes, lembrando que, diariamente, os sitiantes têm que ir à cidade a fim de comercializarem os produtos de suas propriedades.

Da mesma forma, os profissionais das áreas citadas têm que se deslocar para o interior do município para trabalhar. “Isso faz com que eles tenham que desembolsar quantias significativas, que ao final de cada mês representam um alto gasto em seu orçamento familiar”, completou o parlamentar.

Por conta dessas reclamações, os vereadores marcaram uma audiência pública e esperam viabilizar uma parceria entre o município e o Estado, para que haja uma solução do problema, informa a assessoria.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet