Olhar Agro & Negócios

Terça-feira, 17 de setembro de 2019

Notícias / Agronegócio

Banco do Brasil libera R$ 300 milhões em FCO Rural para Mato Grosso

Da Redação - Viviane Petroli

05 Jun 2015 - 11:28

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Banco do Brasil libera R$ 300 milhões em FCO Rural para Mato Grosso
O Banco do Brasil já liberou em Mato Grosso R$ 300 milhões do Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste (FCO) Rural. O volume equivale a aproximadamente 40% dos R$ 800 milhões destinados em 2015 para o FCO Rural. Cerca de 70% do recurso é captado por pequenos e médios produtores no Estado.

Os R$ 300 milhões foram distribuídos entre 6.754 contratos entre janeiro e o dia 20 de maio. Em 2014, neste mesmo período, 3.453 contratos haviam sido aprovados.

Em Mato Grosso, comenta o gerente de negócios e agricultura familiar do Banco do Brasil em Mato Grosso, Brasiliano Borges, a demanda por recursos do FCO Rural é maior que o volume liberado pelo governo federal para tal incentivo. “O volume destinado ao FCO Rural atende entre 25% e 30% da demanda que recebemos produtores querendo contratá-lo”, comentou ao Agro Olhar.

Leia mais:
Aprovadas 50 consultas para R$ 85 milhões de financiamentos no FCO
Aprovados R$ 400 milhões para financiamento no FCO Rural em Mato Grosso

Segundo o gerente de negócios e agricultura familiar do Banco do Brasil em Mato Grosso, diante o fato de o FCO Rural não atender toda a demanda, os produtores mato-grossenses possuem outras opções de linha de crédito (clique aqui) como é o caso do Finame Rural PSI para aquisição de máquinas e equipamentos agrícolas, Custeio Agropecuário BB, BB ABC (Agricultura de Baixo Carbono), bem como linha de crédito para aquisição de animais e construção e ampliação de armazéns.

Em 2014, de acordo com Brasiliano Borges, foram liberados para o FCO Rural em Mato Grosso também R$ 800 milhões, entretanto cerca de R$ 1 bilhão foram contratados. Ele explica que o restante do recurso liberado em Mato Grosso para o FCO Rural era proveniente de recursos do FCO Empresarial que não foram contratados, bem como de outros Estados que também não captados.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet