Olhar Agro & Negócios

Quarta-feira, 18 de setembro de 2019

Notícias / Agricultura

Conab projeta produção de 51,2 mi/t de grãos para Mato Grosso; 24,5% da safra nacional

Da Redação - Viviane Petroli

11 Ago 2015 - 10:25

Foto: Viviane Petroli/Agro Olhar

Conab projeta produção de 51,2 mi/t de grãos para Mato Grosso; 24,5% da safra nacional
Nova estimativa de safra da Companhia Nacional do Abastecimento (Conab) aponta para o ciclo 2014/2015 uma produção de 51,202 milhões de toneladas em Mato Grosso, um crescimento de 3,5 milhões de toneladas em relação à safra passada, mesmo com o custo de produção elevado. O novo incremento é creditado ao milho que saltou de uma projeção de 18,4 milhões de toneladas em julho para 19,8 milhões. A produção da soja ficou em 28,133 milhões de toneladas.

A produção de grãos de Mato Grosso equivale a 24,5% das 208,8 milhões de toneladas estimadas para o Brasil. Entre as principais colheitas nesta segunda safra 2014/2015 estão as de milho e algodão. O Brasil deverá encerrar a safra 2014/2015 com crescimento de 7,9% na produção ante as 193,6 milhões de toneladas do ciclo passado.

Leia mais:
Alta do dólar favorece mercado interno do milho em Mato Grosso; saca varia de R$ 14,10 a R$ 19,20
Balança comercial de Mato Grosso registra queda de 20,6% em 2015

Mato Grosso, revela a Conab, é líder isolado na produção do atual ciclo por 13,056 milhões de toneladas a mais que o vice-líder Paraná, que deverá colher 38,146 milhões de toneladas.

No Mato Grosso foi semeada no ciclo 2014/2015 uma área de 13,537 milhões de hectares, 1,6% a mais que na safra 2013/2015. A produtividade por hectare cresceu 5,7%, de 3.580 quilos para 3.782 quilos. Na safra 2013/2014 o estado havia colhido 47,702 milhões de toneladas.

Milho

A produção de segunda safra do milho em Mato Grosso, nas estimativas da Conab, deverá subir 12,4% de 17,627 milhões para 19,805 milhões de toneladas. A entidade ligada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), destaca que "a normalização do regime chuvoso a partir de março e abril proporcionou um excelente desenvolvimento vegetativo das lavouras, justificando as expectativas positivas nas produtividades" no estado.

Algodão

A produção de algodão em caroço segue projeção de queda de 14%, devendo encerrar o ciclo com 2,191 milhões de toneladas. Deste volume, após beneficiamento, 865,5 mil toneladas deverão resultar em algodão em pluma e 1,325 milhão de toneladas em caroço de algodão.

“O Mato Grosso, maior produtor nacional, teve a área de plantio da primeira safra bastante reduzida, em função do atraso das chuvas que se estenderam até janeiro. O plantio da segunda safra foi encerrado em fevereiro. Houve registros de foco de doenças e ataques da praga bicudo, sem trazer, porém sérios comprometimentos para a produtividade estimada. A expectativa para a próxima safra é de que a área de plantio seja mantida ou que haja uma pequena ampliação”, destaca a Conab em levantamento de safra divulgado nesta terça-feira (11).

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet