Olhar Agro & Negócios

Domingo, 22 de setembro de 2019

Notícias / Economia

Crescimento econômico de Várzea Grande atrai lojistas; shopping já tem 86% de locação

Da Redação - Viviane Petroli

13 Ago 2015 - 10:24

Foto: Assessoria Várzea Grande Shopping

Crescimento econômico de Várzea Grande atrai lojistas; shopping já tem 86% de locação
O crescimento econômico de Várzea Grande nos últimos anos tem atraído diversos empreendimentos. Entre eles o Várzea Grande Shopping e diversas obras imobiliárias. Em consequência disso, empresários do setor do comércio passam a mirar os olhos para a cidade industrial. Somente o Várzea Grande Shopping está com 86% de sua área bruta locável (ABL) locada. A inauguração será dia 27 de outubro.

Hoje, aproximadamente 5% do PIB de Mato Grosso é proveniente do agronegócio. Na safra 2014/2015, segundo levantamento da Companhia Nacional do Abastecimento (Conab), o estado deverá colher 51 milhões de toneladas de grãos. As exportações já somam US$ 7,970 bilhões.

Conforme a superintendente do Várzea Grande Shopping, Marne Prates, 86% da ABL do empreendimento está locada. Ela comenta que o shopping encontra-se, a pouco mais de dois meses da inauguração, em fase de negociações estratégicas para completar seu mix de opções de compras, lazer e serviços.

Leia mais:
Obras do Várzea Grande Shopping entram em ritmo acelerado
Várzea Grande Shopping terá 25 mil pessoas circulando diariamente e R$ 400 milhões de volume anual

“Há muito tempo não presenciávamos lojistas tão entusiasmados e engajados na construção das lojas para inaugurar junto com o shopping. Ao mesmo tempo, temos uma população ansiosa pela nossa inauguração, que representará ainda mais desenvolvimento para a região”, comenta Marne.

A partir do momento que as atividades iniciarem no Várzea Grande Shopping a perspectiva é que ao menos dois mil empregos diretos sejam gerados e aproximadamente cinco mil indiretos. Estima-se que diariamente em torno de 25 mil pessoas circulem pelos seus 102 mil metros quadrados de área construída. O faturamento anual previsto é de R$ 400 milhões, como o Agro Olhar já comentou.

No local mais de R$ 200 milhões estão sendo investidos. Além do shopping, a área abrigará ainda um hotel e um centro de convenções.

O empreendimento terá seis salas de cinema e 1,5 mil vagas de estacionamento cobertas. Entre as lojas inéditas para o mercado mato-grossense estão a Detroit Making House e a Smart Fit. Já entre as lojas tradicionais estão as gigantes varejistas Lojas Riachuelo, Lojas Avenida, Casas Bahia, Mc Donald´s e Renner.

Um dos primeiros lojistas a confirmar presença no primeiro shopping de Várzea Grande foi Geraldo Prado, lojista da Casa Prado. Segundo ele, a sua loja já está em obras no local e a pretensão é inaugurar junto com o shopping no dia 27 de outubro.

O Várzea Grande Shopping é um empreendimento da Saga Malls, especializada em gestão de shopping centers, Grupo São Benedito, GMS Imobiliária e Construtora e o Grupo AS.

3 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Augusto
    14 Ago 2015 às 10:26

    Povo reclama de tudo ..se vem um shopping pra ter mais opcao pra gente.. reclama do transito.. nao quer transito vai morar no sitio..

  • observatorio
    13 Ago 2015 às 17:08

    há de se pensar, também, "na queda livre" das lojas do centro de várzea grande...kkkkkkkkkkk

  • Valdimar Santiago
    13 Ago 2015 às 14:59

    Há de se pensar ,no trânsito, em torno do shopping que já é caótico sem o seu funcionamento.

Sitevip Internet