Olhar Agro & Negócios

Quarta-feira, 25 de maio de 2022

Notícias | Economia

30,6%

Cuiabá é a 9ª capital com maior número de devedores no Brasil

Foto: Reprodução/Internet

Cuiabá é a 9ª capital com maior número  de devedores no Brasil
Aproximadamente um terço da população cuiabana está endividada. A taxa de inadimplência do consumidor cuiabano é de 30,6% a 9ª maior do Brasil e a maior dentre as capitais da região Centro-Oeste. Os dados fazem parte de um estudo do Serasa Experian, referente ao primeiro semestre de 2014, que traça um Mapa da Inadimplência no Brasil. A capital do Estado possui cerca de 551 mil habitantes, conforme dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 

O estudo avalia as dívidas atrasadas há mais de 90 dias e com valores acima de R$ 200.

Leia mais
Governo dá aval para alta nos combustíveis, mas percentual não é anunciado
Mato Grosso deve gerar 818 vagas temporárias neste fim de ano

O percentual de inadimplência do consumidor de Cuiabá supera a média nacional de 24,5% e a do Centro-Oeste em 26,4%. Segundo o Serasa Experian, a liderança entre as capitais com maior percentual de consumidores devedores é Manaus (AM) com 38,1%, seguido de Porto Velho (RO) com 37,2%, Macapá (AP) com 36,4%, Palmas (TO) 36,2%, São Luis (MA) 36%, Teresina (PI) 32,8%, Boa Vista (RR) 32,6%, Maceió (AL) 32,5%. Brasília (DF) é a 10ª com maior índice registrando 30,2%. Já Florianópolis (SC) é a com menor volume de inadimplentes com taxa de 22,3%.

Em Campo Grande (MS) 24,4% da população está endividada e em Goiania (GO) 28%.

O Mapa da Inadimplência no Brasil em 2014 revela ainda que os mais envidados são aqueles com idade entre 26 e 30 anos com uma taxa de inadimplência de 29,9%, seguidos da faixa etária de 31 a 35 anos com 29,3%. Entre 36 e 40 anos a taxa é de 28,2% e dos 18 aos 25 anos 28,1%. A menor incidência de taxa de inadimplência está acima dos 70 anos com índice de 10,3%.

Os mais inadimplentes, revela o Serasa Experian, no Brasil são os jovens adultos da periferia com uma representação de 23%, enquanto a menor representatividade, com apenas 2%, está no grupo de população formado por pessoas "Experientes Urbanos de Vida Confortável". A massa trabalhadora urbana equivale a 17% dos inadimplentes.

Confira aqui o Mapa da Inadimplência no Brasil em 2014.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet