Olhar Agro & Negócios

Sexta-feira, 20 de maio de 2022

Notícias | Pecuária

DADOS DA SECEX

Exportações de carne de Mato Grosso caem após ‘recuo’ de Rússia e Venezuela

Foto: Imagem ilustrativa

Exportações de carne de Mato Grosso caem após ‘recuo’ de Rússia e Venezuela
As exportações de carne bovina de Mato Grosso caíram 11,6% no mês de maio, em relação a abril, segundo dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex). O volume embarcado somou 23,4 mil Toneladas de Equivalente Carcaça (TEC). Em relação ao mesmo período do ano passado, a queda foi de 5,7%.

Conforme o Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), o recuo nas vendas ao exterior ocorreu devido à redução das compras por grandes compradores, como Rússia e Venezuela, que diminuíram suas importações em 46,3% e 49,5%, respectivamente.

Leia também:
Mato Grosso deve confinar 24% a mais de gado em relação a 2014
Famato pede prorrogação para entrega de comunicação de vacinação 

A venda de carne mato-grossense só não foi pior devido ao aumento expressivo nas negociações com alguns países do Oriente Médio. Em relação a abril, o Egito, que aumentou em 165% suas importações, passou a ser o maior comprador com 5,78 mil TEC, seguido pelo Irã, com 3,38 mil TEC.

Assim, a queda expressiva nas compras por parte de Rússia e Venezuela foi, em partes, amenizada pela mudança no destino da carne de Mato Grosso no mês de maio. A expectativa dos pecuaristas e da indústria frigorífica é de que a abertura de mais mercados à carne brasileira possibilite uma reação nas exportações.

No acumulado do ano, Mato Grosso já embarcou 88,1 mil TEC, registrando aumento de 19,06% em relação ao período de janeiro e maio de 2014. Os embarques mato-grossenses ficam atrás apenas do Estado de São Paulo, que enviou ao exterior, nos cinco primeiros meses de 2015, pouco mais de 121 mil TEC.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet