Olhar Agro & Negócios

Domingo, 14 de julho de 2024

Notícias | Pecuária

1º SEMESTRE

Falta de animais leva abate de bovinos retrair 14,4% em Mato Grosso

Foto: Reprodução/Internet/Ilustração

Falta de animais leva abate de bovinos retrair 14,4% em Mato Grosso
O abate de bovinos em Mato Grosso recuou em 14,4% no primeiro semestre de 2015 no comparativo com o período em 2014. A retração é de aproximadamente 382 mil cabeças. A diminuição no volume de animais encaminhados para a indústria já era esperada em 2015, visto o baixo estoque de machos com mais de 24 meses no estado e pela retenção de fêmeas.


Os dados são da “Pesquisas Trimestrais do Abate de Animais; Trimestral do Leite; Trimestral do Couro e Produção de Ovos de Galinha”, divulgada nesta terça-feira, 15 de setembro, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Leia mais:
Mesmo na liderança, Mato Grosso tem queda de 13,4% nos abates de bovinos

Em 2015 foram abatidas em Mato Grosso 2,265 milhões de cabeças de bovinos, volume inferior as 2,647 milhões de cabeças no primeiro semestre de 2014.

Líder em abates bovinos, Mato Grosso no 2º trimestre de 2015 enviou para os frigoríficos 1,105 milhão de cabeças, 15,5% a menos que as 1,308 milhão do período em 2014 e as 1,160 milhão de cabeças enviadas no primeiro trimestre de 2015.

Suínos

Conforme o IBGE, envio de suínos para os frigoríficos também registrou queda em 2015. Enquanto, no primeiro semestre de 2014 haviam sido enviados 970,9 mil cabeças, em 2015 foram 943,4 mil cabeças.

No segundo trimestre 466,9 mil cabeças de suínos foram enviadas para o abate, volume superior as 465,1 mil no período em 2014 e inferior as 476,5 mil do primeiro trimestre deste ano.
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet