Olhar Agro & Negócios

Terça-feira, 24 de setembro de 2019

Notícias / Emprego

Fevereiro tem a menor oferta de empregos nos últimos 10 anos em Mato Grosso

Da Redação - Viviane Petroli

19 Mar 2015 - 09:41

Foto: Reprodução/Internet

Fevereiro tem a menor oferta de empregos nos últimos 10 anos em Mato Grosso
Em fevereiro foram criados 5.159 postos de trabalho no mercado formal. O resultado é o menor dos últimos 10 anos para o mês. Segundo dados do Cadastro de Emprego e Desemprego (Caged), o desempenho só não foi pior em decorrência de o Estado estar em pleno pico de safra. Sozinha a agropecuária foi responsável por 57,2% das admissões, enquanto o comércio registrou 401 demissões a mais que contratações.

Entre fevereiro de 2006 e 2015, o melhor resultado de criação de empregos celestiais, revela o Caged, pertence a fevereiro de 2011 quando 10.558 postos foram gerados. Em fevereiro de 2014 haviam sido 7.418 novas vagas geradas.

O Cadeg mostra que o saldo de novas vagas geradas em fevereiro de 2015 é resultado da subtração de 39.714 contratações feitas no mês diante as 34.555 demissões efetuadas.

Leia mais:
Assaí Atacadista abre 100 vagas de trabalho entre três lojas em Mato Grosso
Grupo Multissetorial argelino pretende investir US$ 500 mi em Mato Grosso

O Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) pertence ao do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) e revelam que sozinha a agropecuária gerou 2.955 postos de trabalho, seguido de serviços com 1.873, construção civil com 369 e indústria da transformação com 328.

Bimestre

No bimestre o desempenho de Mato Grosso foi de 11.715 postos de trabalho gerados de fato, resultado obtido de 82.240 admissões e 70.525 demissões.

Destes 11.715 postos estão na agropecuária 7.729 vagas, seguido de serviços com 2.918. A construção civil gerou de fato 139 novos empregos no primeiro bimestre de 2015 e a indústria de transformação 919. Já o comércio, visto as dificuldades econômicas enfrentadas pelo país, que já afetam Mato Grosso, houve 37 desligamentos a mais que contratações.

Municípios

Entre os municípios Cuiabá foi o que melhor saldo positivo teve com 578 novos postos de trabalho criados, seguido de Nova Mutum com 547 e Campo Verde com 390.

Já Rondonópolis foi o que mais saldo negativo registrou com 247 desligamentos a mais que contratações.

O levantamento por municípios do Caged é feito naqueles com mais de 30 mil habitantes.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet