Olhar Agro & Negócios

Quinta-feira, 21 de outubro de 2021

Notícias / Economia

SANTA CHUVA

Enquanto leite integral sobe 1,7%, derivados chegam a apresenta 4,5% de queda em junho

Da Redação - Viviane Petroli

08 Jul 2014 - 10:00

Foto: Reprodução / Internet

Enquanto leite integral sobe 1,7%, derivados chegam a apresenta 4,5% de queda em junho
Chuvas registradas em maio permitiram uma maior oferta de leite em Mato Grosso e consequentemente reduções de preços nas gôndolas dos supermercados. Apesar disso, o leite UHT Integral (caixinha) registrou valorização de 1,71% em junho no comparativo com maio. Mas, em contrapartida derivados como a bebida láctea (1 litro) apresentaram decréscimo de 4,51%. A exceção dos derivados são o queijo provolone e o queijo prato cujos quilos subiram 12,44% e 2,75%, respectivamente.

Leia também
Valorização do litro do leite ao produtor impacta no bolso do consumidor
Produção de leite em Mato Grosso pode superar Minas Gerais nos próximos anos

A pesquisa mensal do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) revela que em Cuiabá o litro do leite integral em caixinha em julho era encontrado em média a R$ 2,97 nos supermercados e em maio a R$ 2,97.

A pesquisa mostra ainda que o leite pasteurizado (saquinho) apresentou queda de 2,69% entre junho e maio, caindo de R$ 1,86 para R$ 1,81 o litro. Outros derivados que apresentaram queda de preço na variação mensal foram o creme de leite (-4,39%), bebida láctea (-4,51%), manteiga com sal 500 gr (-3,62%) e o iogurte 180 ml (-4,27%).

De acordo com o Imea, a maior oferta de leite no Estado proporcionou o recuo, pois as chuvas estenderam-se até o mês de maio proporcionando condições favoráveis à pastagem e a produção leiteira.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet