Olhar Agro & Negócios

Quarta-feira, 20 de novembro de 2019

Notícias / Logística

Governo de Mato Grosso debate modelo de Parcerias Público-Privado europeu e nacional

Da Redação - Viviane Petroli

06 Mar 2015 - 09:03

Foto: Ericksen Vital/Sinfra-MT

Governo de Mato Grosso debate modelo de Parcerias Público-Privado europeu e nacional
O governo de Mato Grosso iniciou um debate sobre o modelos de concessão, privatização e até mesmo Parcerias Público-Privadas (PPPs) para melhorar a 'complicada' logística de Mato Grosso. Entre os modelos de PPPs em debate, por exemplo, estão os europeus e nacionais. Nesta quinta-feira (05) o governo do Estado reuniu-se com representantes de uma empresa que prestou consultoria em Minas Gerais.

A reunião contou com a presença do vice-governador Carlos Fávaro, do secretário de Infraestrutura e Logística, Marcelo Duarte e de representantes da RSI Engenharia, que prestou consultoria em projetos para a administração pública do Estado de Minas Gerais.

Conforme a Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra-MT), foram discutidas alternativas de execução de projetos para Mato Grosso que possam ser planejados e vir a compor o Plano Diretor de Logística.

Leia mais:
Grupo de Trabalho será formado pelo Cipem e Sema-MT para discutir entraves
Cuiabá é considerada a 42ª melhor cidade para criar filhos no Brasil; Várzea Grande fica em 76º

O secretário de Infraestrutura, Marcelo Duarte, pontua que o governo do Estado está iniciando uma fase "de pensar Mato Grosso a longo prazo". "O objetivo da reunião foi conversar com quem entende do assunto. São profissionais técnicos que fizeram o planejamento estratégico para Minas Gerais, um estado que possui uma logística bastante avançada. Mas que também mantém características parecidas com as nossas: base territorial bastante extensa e uma economia calcada em commodities", declarou Marcelo.

Entre as alternativas de soluções para a logística de Mato Grosso estão as Parcerias Público-Privadas. “A iniciativa privada pode e deve fazer parte da nossa administração, desde que atenda ao interesse do público. O Estado vai partir para esse lado de concessão, privatização, de PPP e não precisamos ficar inventando a roda. Esta foi uma boa oportunidade de conhecer a experiência bem sucedida do Governo Mineiro e vamos conhecer outras como a do Estado de Goiás”, frisa o vice-governador Carlos Fávaro.

Além dos modelos brasileiros de Parcerias Público-Privadas, o governo de Mato Grosso irá avaliar os modelos da Europa. De acordo com o diretor da RSI Engenharia, Camilo Fraga, no Brasil este modelo é recente, tendo apenas 11 anos, enquanto na Inglaterra os projetos de Parceria Público-Privadas vem sendo realizados desde a gestão da primeira-ministra Margaret Thatcher. "Por isso, acredito que o Governo de Mato Grosso possa usar este modelo para os seus projetos principais, como de concessões da malha viária”.

Na opinião do secretário de Infraestrutura, Marcelo Duarte, parcerias com empresas podem auxiliar Mato Grosso a transformar essa realidade preocupante atual.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet