Olhar Agro & Negócios

Segunda-feira, 23 de setembro de 2019

Notícias / Pecuária

Mesmo na liderança, Mato Grosso tem queda de 13,4% nos abates de bovinos

Da Redação - Viviane Petroli

25 Jun 2015 - 12:03

Foto: Reprodução/Internet/Ilustração

Mesmo na liderança, Mato Grosso tem queda de 13,4% nos abates de bovinos
Mato Grosso, apesar de seguir líder em abates de bovinos, registrou uma redução de 13,4% no volume de animais levados aos frigoríficos. O baixo estoque de machos com mais de 24 meses é o principal fator apontado pelos pecuaristas mato-grossenses. Além dos abates bovinos, o de suínos apresentou retração de 5,8% no comparativo com 2014, enquanto de frango subiu 7,1%.

Os dados são da “Pesquisas Trimestrais do Abate de Animais; Trimestral do Leite; Trimestral do Couro e Produção de Ovos de Galinha”, divulgada nesta quinta-feira (25) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Leia mais:
Arroba do boi tem desvalorização de 0,75% visto alta oferta de animais
Estoque de machos é o pior em nove anos; Mato Grosso tem apenas 3,9 milhões de cabeças

De acordo com a pesquisa, entre janeiro e março de 2015 Mato Grosso abateu 1,160 milhão de cabeças de bovinos. Volume este inferior as 1,339 milhão de cabeças do período em 2014. No Brasil o recuo foi de 7,7% no comparativo, atingindo 7,731 milhões de cabeças levadas neste aos frigoríficos.

A Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat) explica que a redução é decorrente ao baixo estoque de bovinos machos com mais de 24 meses. "Vale lembrar que a queda no estoque de machos é resultado do maior abate de fêmeas entre os anos de 2011 e 2013, que compromete a oferta de animais para reposição nos anos seguintes", destaca o superintendente da Acrimat, Olmir Cividini.

Em relação aos abates de suínos, a pesquisa do IBGE, aponta um decréscimo de 505,8 mil cabeças para 476,5 mil cabeças em Mato Grosso.

Em contrapartida, o volume de frangos levados ao abate subiu de 55,061 milhões de cabeças para 58,960 milhões de cabeças.

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Isabela Castro
    25 Jun 2015 às 17:40

    Que bom! Não é possível ver todos esses cadáveres pendurados e não sentir nada em relação a isso :S Por isso sou vegetariana :))

Sitevip Internet