Olhar Agro & Negócios

Terça-feira, 28 de setembro de 2021

Notícias / Geral

pós gripe aviária

México aceita em habilitar outras 26 plantas e vai ampliar importação de frango em 2014

De Brasília – Vinícius Tavares

01 Ago 2014 - 13:54

Foto: Reprodução

México aceita em habilitar outras 26 plantas e vai ampliar importação de frango em 2014
Autoridades sanitárias do México aceitaram a proposta brasileira de habilitar 26 plantas de produção de frango, o que ampliará as importações de carne do Brasil. O acordo foi costurado após visita de representantes da Secretaria de Relações Internacionais (SRI) do Ministério da Agricultura (Mapa) às autoridades mexicanas entre os dias 27 e 29 de julho.

De acordo com o secretário de Relações Internacionais do Agronegócio, Marcelo Junqueira, cinco plantas foram habilitadas no ano passado. Entre janeiro e junho de 2014 foram exportados cerca de US$ 12,9 milhões ao país latino.

Leia também
Estudo da Faep mostra que 70% dos avicultores paranaenses trabalham no prejuízo

Segundo ele, o Brasil já exportou este ano cinco mil toneladas de carnes de aves e a expectativa é fechar o ano em torno de 20 mil toneladas.

“Agora queremos que eles aprovem um leque maior de plantas que, segundo o serviço fitossanitário brasileiro, estão aptas a exportar, de acordo com padrão mexicano”, afirmou ao lembrar que será definida nos próximos dias a data da visita de técnicos mexicanos para conhecer as instalações brasileiras..

Recentemente o México teve problema de gripe aviária, o que causou problema de abastecimento interno significativo ao país.

“Atualmente, a importação de frango do México está na ordem de 150% de imposto, mas por conta dessa necessidade, o México isentou uma cota de importação de carnes de aves na ordem de 300 mil toneladas com tarifa zero para fora do Nafta (bloco econômico formado por Estados Unidos, Canadá e México)”, acrescentou o secretário. 
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet