Olhar Agro & Negócios

Quarta-feira, 01 de abril de 2020

Notícias / Agricultura

Milho resistente em lavouras de soja volta a preocupar produtores este ano

Especial para o Agro Olhar - Thalita Araújo

12 Dez 2013 - 17:00

Foto: Thalita Araújo

Milho resistente em lavouras de soja volta a preocupar produtores este ano
Em mais uma safra, a incidência de milho RR – resistente ao glifosato - em lavouras de soja volta a preocupar produtores, representando riscos e gastos a mais no orçamento. De acordo com levantamento da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja) o problema agravou-se este ano.

A Aprosoja, através de seu diretor técnico Nery Ribas, explica que o milho guaxo tornou-se um sério problema para as propriedades rurais de Mato Grosso, sendo resultado dos grãos perdidos durante a colheita da segunda safra, que ficam em estado vegetativo e crescem em meio à soja.

Leia mais:
Abate de bovinos no país cresce 10% e bate recorde; Mato Grosso lidera
Produtores de MT apontam falta de qualificação como principal problema na contratação de mão de obra

De acordo com o engenheiro agrônomo Pedro Tales Tomazelli, que tem enfrentado o problema em lavouras em Campo Verde, uma das principais consequências causadas pelo problema dá-se no ciclo inicial da soja. A planta de milho pode ser uma competidora, roubando nutrientes e luz da planta de soja e atrapalhando seu desenvolvimento.

Adiante, o milho pode ser hospedeiro de outras pragas que não estão previstas para a soja e podem atrapalhar o cultivo. Nery Ribas alerta que ao milho resistente pode servir de alimento e proteção para as lagartas do gênero Helicoverpa spp., praga que é uma das grandes preocupações desta safra.

Outro problema, segundo a associação, é o custo extra que o produtor terá com herbicidas, uma vez que somente a aplicação de produtos à base de glifosato não irão eliminar as plantas invasoras.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet