Olhar Agro & Negócios

Quarta-feira, 08 de dezembro de 2021

Notícias | Pecuária

SOBE PARA 19

Minerva Foods encerra operação e demite 701 funcionários

Foto: Reprodução/Internet

Minerva Foods encerra operação e demite 701 funcionários
A Minerva Foods anunciou o fechamento de sua planta de Mirassol D'Oeste (288 quilômetros de Cuiabá, na região Sudoeste) nesta segunda-feira (06). O encerramento das atividades está relacionado a uma readequação das operações da companhia no Brasil. O fim do município levou ao desligamento de 701 funcionários. Com o fechamento da planta sobe para 19 o número de frigoríficos paralisados em Mato Grosso e aproximadamente cinco mil demissões.

Em comunicado enviado para a imprensa a Minerva Foods salientou que "estão garantidos todos os direitos trabalhistas dos funcionários da planta que forem desligados e que não deixará nenhuma pendência financeira com os colaboradores, com o Estado de Mato Grosso e com a cidade de Mirassol D´Oeste".

Com o fechamento da planta da Minerva Foods, em Mirassol D’Oeste, sobe para 19 plantas frigoríficas com atividades encerradas nos últimos dois anos. Nos últimos cinco meses, com isso, chegam a seis plantas: duas em Rondonópolis, uma em Cuiabá, uma em Sinop, uma em São José dos Quatro Marcos e agora uma em Mirassol D’Oeste.

Em Mato Grosso existem 43 frigoríficos, de acordo com o Sindicato das Indústrias de Frigoríficos do Estado de Mato Grosso (Sindifrigo-MT), sendo 19 paralisadas.

Leia mais:
JBS para em Cuiabá e chega a 18 o número de frigoríficos fechados em MT; Cerca de 4 mil são demitidos
Frigorífico paralisa as atividades em MT e dispensa 700 funcionários

No dia 02 de julho o Grupo JBS anunciou a paralisação das atividades da sua unidade em Cuiabá, levando a demissão cerca de 500 funcionários. Em meados de junho o Grupo Frialto paralisou suas atividades em Sinop na planta de abate e processamento de carnes. Com a parada das atividades 700 funcionários foram dispensados.

Em entrevista recente ao Agro Olhar o presidente do Sindifrigo, Luiz Freitas, revelou que a capacidade instalada de abate e processamento de carne em Mato Grosso é “duas vezes maior que a oferta de animais”. Tal ociosidade ocorre há aproximadamente dois anos. “Nada mais é que um ciclo da pecuária. Isso é verificado a mais ou menos a cada seis anos. Estamos a cerca de quatro anos com o rebanho praticamente estagnado. Em todas as regiões do estado há plantas com atividades paralisadas", declarou ao Agro Olhar.

Conforme o Agro Olhar já comentou, Mato Grosso possui um estoque de bovinos machos, com mais de 24 meses, de 3,9 milhões de cabeças prontas para o abate em 2015. O resultado é o pior dos últimos nove anos. De acordo com a Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat), o baixo estoque de machos é reflexo do grande volume de matrizes encaminhadas para o abate entre 2011 e 2013, o que comprometeu a oferta de animais para reposição. Entre 2011 e 2013 o volume de fêmeas destinadas para o abate era superior a 50% do volume total de animais encaminhados para os frigoríficos. Uma recuperação tende a ser sentida a partir de 2016.

Confira a nota da Minerva Foods:

A Minerva Foods comunica o fechamento da planta de Mirassol D´Oeste (MT) nesta segunda-feira, 6 de julho, e o desligamento dos 701 funcionários da unidade. A decisão de encerrar a operação na cidade representa uma readequação das operações da companhia no Brasil como forma de obter melhorias de eficiência em rendimento, economia de custos por aumento da otimização da capacidade instalada e incremento de rentabilidade por reequilíbrio geográfico de suas operações.

A empresa ressalta que estão garantidos todos os direitos trabalhistas dos funcionários da planta que forem desligados e que não deixará nenhuma pendência financeira com os colaboradores, com o Estado de Mato Grosso e com a cidade de Mirassol D´Oeste.

Aos seus clientes dos mercados interno e externo, a empresa reitera que o encerramento desta operação não acarretará nenhum impacto, pois, neste processo de ajuste operacional, as demandas serão absorvidas por outras unidades.

A empresa aproveita para agradecer todo o apoio que recebeu da cidade de Mirassol D´Oeste e do Estado de Mato Grosso no período em que manteve a operação na região.

Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet