Olhar Agro & Negócios

Terça-feira, 26 de maio de 2020

Notícias / Pecuária

Pecuária de Mato Grosso é foco de audiência pública no Senado; Blairo Maggi solicitou

Da Redação - Viviane Petroli

06 Nov 2015 - 09:09

Foto: Marcos Vergueiro/Secom-MT

Pecuária de Mato Grosso é foco de audiência pública no Senado; Blairo Maggi solicitou
As principais demandas, anseios e dificuldades da pecuária bovina de Mato Grosso serão debatidas em audiência pública na Comissão de Agricultura (CRA) do Senado no próximo dia 12 de novembro. O debate foi requerido pelo senador mato-grossense Blairo Maggi na semana passada. Para o setor pecuário, a audiência é estratégica para o momento que se vive.

A pecuária mato-grossense ocupa uma área de 24,9 milhões de hectares com pastagem. O rebanho chega a 28 milhões de cabeças com uma produção de 1,3 milhão de toneladas de carne.

Nos últimos anos diversos problemas foram enfrentados pela pecuária em Mato Grosso, desde pastagem a abate elevado de fêmeas, que hoje afeta o rebanho com a falta de animais (macho).

Leia mais:
Mato Grosso não está preparado para receber status livre da aftosa sem vacinação, diz Acrimat

“Assim como na agricultura enfrentamos diariamente problemas e empecilhos de toda ordem, sejam naturais (clima, solo) ou burocráticos (normas e leis), o setor pecuário também enfrenta dificuldades para manter-se e por isso, precisamos ouvir aqueles que sustentam a economia do País”, pontua Blairo Maggi.

A audiência pública na Comissão de Agricultura do Senado é estratégica na visão do presidente da Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat), José João Bernardes. Segundo ele, é oportuno diante o momento ao qual vive o setor.

Na audiência serão apresentadas pela Acrimat as dificuldades pelas quais o setor em Mato Grosso vive "para que o Senado possa direcionar produtivamente suas decisões é fundamental".

Durante o debate serão apresentados aos senadores, ainda, ações para as soluções de problemas e demandas, como sustentabilidade do negócio, questões fundiárias, trabalhistas, tributárias e ambientais, além de acesso ao crédito e alternativas de geração de renda, infraestrutura e logística, sanidade bovina e mercado.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet