Olhar Agro & Negócios

Segunda-feira, 15 de agosto de 2022

Notícias | Meio Ambiente

PPCERRADO

Plano do governo pretende reduzir desmatamento no cerrado em 40% até 2020

Foto: Reprodução

Tratores flagrados pelo Ibama em

Tratores flagrados pelo Ibama em

Reduzir em 40% os índices anuais de desmatamento no Cerrado até 2020 é a meta prevista pelo Plano de Ação para Prevenção e Controle do Desmatamento e das Queimadas no Cerrado (PPCerrado). O tema foi discutido por integrantes da Comissão Nacional do Cerrado (Conacer) durante reunião nesta nesta quinta-feira (10) em Brasília.

Durante a segunda reunião para avaliar as propostas do novo PPCerrado, o grupo apresentou contribuições a serem avaliadas pela Comissão Executiva do Plano nos próximos 15 dias.

Leia também
Ibama flagra ação de desmatamento em uma área de 960 hectares próximo a reserva ambiental em MT
Ibama fecha garimpo ilegal em MT e aplica multa de mais de R$ 100 mil aos responsáveis

A nova versão da segunda etapa deste plano interministerial será divulgada na segunda quinzena de agosto pelo Ministério do Meio Ambiente, contendo as projeções estratégicas para o controle do desmatamento e das queimadas no bioma para os próximos seis anos.

O Conacer, formado por representantes de vários setores do governo e da sociedade civil organizada, pretende acompanhar de perto a aplicação do PPCerrado e os resultados estratégicos decorrentes do plano.

De acordo com reportagem da BBC, um relatório divulgado em junho na reunião da ONU sobre mudanças climáticas que ocorre em Bonn, na Alemanha, destaca o Brasil como o país que mais reduziu o desmatamento e as emissões de gases que causam aquecimento global.

O documento, produzido pela organização Union of Concerned Scientists (União de Cientistas Preocupados, em tradução livre), com sede nos Estados Unidos, explora como, na primeira década deste século, o Brasil conseguiu se distanciar da liderança mundial em desmatamento e do terceiro lugar em emissões de gases e se transformou em exemplo de sucesso. 
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet