Olhar Agro & Negócios

Segunda-feira, 23 de setembro de 2019

Notícias / Política

Primeiro passo de Layr Mota será um levantamento para identificar a receita da Empaer

Da Redação - Viviane Petroli

17 Jan 2015 - 12:00

Foto: Chico Valdiner/Secom MT

Primeiro passo de Layr Mota será um levantamento para identificar a receita da Empaer
O primeiro passo de Layr Mota como presidente da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer) será um levantamento patrimonial para identificar a receita da autarquia. A declaração foi dada durante sua posse na tarde de sexta-feira (16). O nome presidente declarou ainda que a Empaer possui hoje uma divida de mais de R$ 100 milhões.

De acordo com o novo presidente da Empaer, ele não esperava deparar-se com a situação em que a autarquia vive hoje. "Vamos fazer um levantamento patrimonial para identificar a receita da Empaer e assim podermos decidir os próximos passos. Hoje a Empaer se tornou uma empresa de cabide de empregos, mas nós vamos resgatar a Empaer do passado, a que desenvolvia um trabalho de extensão rural muito forte e que perdeu o ritmo", disse Layr.

Leia mais:
Linha de transmissão alternativa pode gerar economia de R$ 6,5 mi/dia; Energia escoada será da UHE Teles Pires
Pontes na Transpantaneira passam por vistoria; Ação faz parte de contrato de Taques

Entre os próximos passos está à construção em um prazo de 18 meses de uma nova sede para a Empaer, que atualmente está localizada no bairro Boa Esperança.

Conforme o vice-governador Carlos Fávaro, Layr Mota tem o grande desafio pela frente de "oxigenar" a Empaer, bem como "trazer incentivos aos servidores que tem a missão de alavancar a agricultura familiar, gerar as oportunidades que a agricultura empresarial já tem em Mato Grosso".

4 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Luis Carlos Cerqueira
    19 Jan 2015 às 10:18

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • IMazapyr
    19 Jan 2015 às 08:20

    A regional de Cáceres merece uma atenção especial, quero acreditar que dessa vez a empresa passará à mão de pessoas sérias que realmente tenham compromisso com o campo e não apenas com um projeto de hegemonia de comando vitalício.

  • Paulo Andrade Lima.
    17 Jan 2015 às 17:38

    A grande razão da Empaer ainda existir,é a raça e principalmente o amor que os funcionários tem pela empresa,trabalhar na Empaer,é apaixonante,não pelo salario,mais pelas atividades que a empresa exerce no campo,junto aos pequenos produtores,por mais dificil que seja a situação,seus funcionários jamais deixaram a peteca cair. Perderam sua sede central no cpa,seu Centro de treinamento em V. Grande. E mesmo assim não baixaram a cabeça e continuaram lutando,muitas vezes concertaram as viaturas, e colocaram combustivel, tirando dinheiro do próprio bolso. Agora a Empaer, tem um novo presidente,Sr.Layr Mota,que o mesmo tenha muita sorte,e que faça a Empaer a voltar a ser grande. Apoio de seus servidores guerreiros com certeza não irám faltar. Falei com conhecimento de causa. Pois tenho muitos amigos lá.

  • Chacal
    17 Jan 2015 às 15:53

    Dê o segundo passo na unidade de Alto Araguaia, descobrirá que...

Sitevip Internet