Olhar Agro & Negócios

Quarta-feira, 25 de maio de 2022

Notícias | Logística

alíquota

Reunião na Sefaz irá discutir redução do ICMS do óleo diesel nesta segunda

Foto: Rogério Florentino Pereira/ Olhar Direto

Reunião na Sefaz irá discutir redução do ICMS do óleo diesel nesta segunda
Uma reunião entre representantes do setor de cargas de Mato Grosso, deputados estaduais e o secretário de Fazenda irá discutir a possibilidade da redução da alíquota do ICMS incidente no óleo diesel. O encontro está agendado para o começo da tarde. Hoje, em Mato Grosso o tributo é de 17%, enquanto em outros Estados é de 12%. A redução do imposto no combustível derivado do petróleo é uma das pautas de reivindicação da categoria dos transportadores de cargas há 15 dias em ‘greve’ em Mato Grosso, bloqueando as rodovias BR-163 e BR-364, além de rodovias estaduais como a MT-449 (Lucas do Rio Verde) e a MT-100 (Alto Araguaia).

A reunião na Sefaz-MT foi anunciada pelo governador Pedro Taques na manhã desta segunda-feira (23), durante entrevista na rádio Mega FM.

Leia mais:
Cuiabá, Jaciara, Serra de São Vicente e Posto Gil são fechados por caminhoneiros em protesto; veja fotos
Comissão de estudo será criada em Mato Grosso para avaliar demandas do transporte; Manifestos seguem veja fotos

Segundo o governador, em quatro anos de governo Dilma Rousseff se importou mais petróleo que em oito anos do governo Lula e quatro anos de Fernando Henrique Cardoso.

“Quebraram a Petrobras e agora sobra para os governadores dos Estados resolverem com a alíquota do ICMS. Vamos discutir na Sefaz a respeito da redução da alíquota do ICMS do diesel”, declarou Pedro Taques na rádio.

Como o Agro Olhar já comentou, a Sefaz-MT já vinha realizando um estudo para averiguar a possibilidade de diminuição da alíquota sobre os combustíveis no Estado.

“O caminhão vem com taque suplementar de outro Estado, não abastece aqui e não gasta aqui. Sem contar que o IPVA dos caminhões que vem não são pagos aqui. Eu chamei os transportadores para que possamos discutir isso. Mas, isso não é só problema de Mato Grosso. É nacional. Não fizeram (governo federal) o dever de casa deles”, declarou o governador.

Comissão de estudo

Na tarde de sexta-feira (20) representantes do transporte de cargas de Mato Grosso e empresários do ramo reuniram-se em Cuiabá com o governador Pedro Taques e este estabeleceu que fosse criada uma comissão de estudo para avaliar uma possível redução do ICMS incidente no óleo diesel e demais combustíveis em Mato Grosso. A mesma comissão, formada pelo governo, por meio da Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz-MT), e o setor do transporte, irá ainda estudar a implantação de uma Lista de Preços Mínimos do Frete.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet