Olhar Agro & Negócios

Quinta-feira, 22 de outubro de 2020

Notícias / Economia

Rico em produção agropecuária, Mato Grosso tem o 14º maior PIB do Brasil

Da Redação - Viviane Petroli

14 Nov 2014 - 16:00

Foto: Montagem Reprodução (soja e construção civil)/ Viviane Petroli - Agro Olhar (gado) / Mayke Toscano - Secom/MT (comércio)

Rico em produção agropecuária, Mato Grosso tem o 14º maior PIB do Brasil
Maior produtor de grãos e pecuária bovina de corte, Mato Grosso em 2012 registrou um PIB (Produto Interno Bruto) de R$ 80,830 bilhões. O montante equivale a apenas 1,8% do PIB de R$ 4,392 trilhões registrados no Brasil naquele ano. O estado possuía na ocasião o 14º maior PIB, ficando atrás do Ceará em 13º (R$ 90,132 bilhões) e do Pará em 12º (R$ 91,009 bilhões). Ao se comparar com 2002 verifica-se que Mato Grosso subiu apenas uma posição no ranking nacional. A falta de indústrias é um dos motivos que leva o estado a ter este desempenho, uma vez que o setor industrial teve uma participação de apenas 15,8% no resultado de 2012.

Apesar de grande produtor de matéria-prima, Mato Grosso ao longo de 10 anos não apresentou tamanhos resultados na evolução de seu PIB diante o desempenho nacional, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em 2002 o estado possuía um PIB de R$ 20,941 bilhões, ou seja, 1,4% dos R$ 1,477 trilhão registrados no Brasil. O levantamento, divulgado nesta sexta-feira (14), revela ainda que em 2011 o PIB mato-grossense era de R$ 71,418 bilhões, o equivalente a 1,7% dos R$ 4,143 trilhões do Brasil.

Leia mais
Consumo retraído faz vendas no varejo crescer apenas 2,8% em Mato Grosso
Vendas de veículos caem 2,24% em Mato Grosso; Incerteza econômica é um fator

O maior pico de Mato Grosso em participação no Produto Interno Bruto ocorreu em 2004 quando atingiu 1,9% de R$ 1,941 trilhão. Em 2004 o PIB do estado havia sido de R$ 36,961bilhões.

De acordo com o IBGE, mesmo o estado sendo dependente do setor agropecuário o segmento dentro dos R$ 80,830 bilhões teve em 2012 uma participação de 28,6%, enquanto o setor de serviços de 55,7%. O levantamento do IBGE revela, ainda, que dentro do setor de serviços estão inclusos o comércio com participação de 17,2% do PIB de Mato Grosso e a administração, saúde e educação públicas e seguridade social com 14%.

Ao se analisar o setor industrial, cuja participação no PIB é de 15,8%, encontra-se a construção civil com representatividade de 4,6% no PIB total mato-grossense e a indústria de transformação com uma fatia de 8,3% do desempenho do geral do estado.

Brasil

De acordo com o IBGE, a região Sudeste concentra a maior participação dentre as regiões no PIB brasileiro com uma fatia de 55,2% dos R$ 4,392 trilhões do Brasil. Em relação a 2002 a região sudeste apresentou recuo de 1,5 pontos percentuais na participação, ao contrário do Centro-Oeste que saltou de 8,8% para 9,8% sua participação.

Centro-Oeste

Em 2012 o PIB de Centro-Oeste foi de R$ 430,4 bilhões. Ao se comparar os quatro estados dentro da região, Mato Grosso é o terceiro maior PIB, perdendo apenas para o Distrito Federal com R$ 171,2 bilhões e Goiás com R$ 123,9 bilhões. Os dois estados por sinal ocupam as 7ª e 9ª colocação no ranking nacional.

O Mato Grosso do Sul é o quarto no ranking do Centro-Oeste e o 17º no ranking nacional com um PIB de R$ 54,471 bilhões apenas.

Confira tabela do IBGE:



Comentários no Facebook

Sitevip Internet