Olhar Agro & Negócios

Domingo, 22 de setembro de 2019

Notícias / Tecnologia

Cuiabá sobe quatro posições e é a 24ª cidade com ambientes mais empreendedores do país

Da Redação - Viviane Petroli

18 Nov 2016 - 07:40

Foto: Nayara Takahara/GAE

Cuiabá sobe quatro posições e é a 24ª cidade com ambientes mais empreendedores do país
Cuiabá subiu quatro posições e é a 24ª cidade no ranking dos ambientes mais empreendedores do Brasil. A informação consta no Índice das Cidades Empreendedoras (ICE) 2016, criado pela Endeavor. Segundo a pesquisa, a região Centro-Oeste, mesmo próxima geograficamente do centro empreendedor do Brasil, ainda está distante dos demais polos no que tange infraestrutura, uma vez que os portos estão a cerca de 2 mil km distantes, no caso de Mato Grosso, e os aeroportos que poderia compensar a distância são "pequenos".

O relatório do Índice das Cidades Empreendedoras comparou o ambiente de negócios de 32 cidades localizadas em 22 estados. Juntas tais cidades representam mais de 40% das Scale-ups do País, e cerca de 40% do PIB nacional.

O ICE é um estudo que indica as melhores cidades do país para empreender a partir da análise de 60 indicadores distribuídos em sete pilares: ambiente regulatório, infraestrutura, mercado, acesso a capital, inovação, capital humano e cultura empreendedora.

Leia mais:
Startup é um modelo de negócio que dá certo mas é preciso cautela, afirmam especialistas

Ainda de acordo com a pesquisa, Mato Grosso na região Centro-Oeste ocupou o 6º lugar entre os municípios da região que constam na pesquisa. 

Conforme o secretário de Estado de Planejamento (Seplan), Gustavo de Oliveira, apesar das dificuldades de Mato Grosso quanto a questão de distância com os demais mercados, que acabam por atrapalha a locomoção das pessoas e mercadorias e as colocando distante da inovação e do capital financeiro, como destacado pelo relatório, o Estado possui DNA inovador.

“A criação do Parque Tecnológico e a parceria do governo para a realização de eventos nacionais e internacionais das comunidades locais, integram a proposta do Executivo estadual para trabalhar em rede e identificar práticas inovadoras que podem ser inseridas ao cenário de transformações do Estado”, pontua Oliveira.

O secretário afirma que ao trazer iniciativas de fomento ao empreendedorismo inovador para Cuiabá, como é o caso do incentivo de criação de startups, o Governo do Estado começa a compensar o "isolamento" da região central do Brasil, conectando o Centro-Oeste com as tendências mundiais.

O relatório do ICE 2016, conforme a Seplan, revela que "nos últimos cinco anos e em toda a região Centro-Oeste foram registrados somente seis investimentos de Venture Capital (um a menos que o registrado no ICE 2015), e outros nove pela indústria de Private Equity. Destes, quatro aconteceram em Cuiabá, todos contabilizados neste ano, levando a capital mato-grossense à sexta posição na comparação proporcional".

O assessor de inovação da Seplan, Flavio Gomes, salienta que iniciativas criadas em Mato Grosso como o Startup Weekend Cuiabá, a Conferência Anprotec e o MT Stars, inspirado no SP Stars, entre outros, são exemplos de atividades realizadas pelo Governo do Estado que visam atrair as pessoas para o empreendedorismo e evitar a "fuga" para outros Estados.

“A distância dos grandes centros econômicos do país provoca a fuga dos melhores cérebros de Cuiabá, inviabilizando o potencial inovador do estado. Um desafio que o governo do Estado está vencendo com iniciativas destinadas a desenvolver o empreendedorismo de alto impacto. Entre elas destaca-se a Arena da Inovação”, comenta o assessor de inovação da Seplan, Flavio Gomes.

2 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Augusto
    18 Nov 2016 às 10:59

    Posicao 24 analisando 32 cidades não é nada animador.. Animador seria estar entre as 5 primeiras..

  • Jeremias Montenegro
    18 Nov 2016 às 09:33

    Com a besteira do VLT, temos que deixar verde onde o trilho destruiu

Sitevip Internet