Olhar Direto

Sexta-feira, 04 de dezembro de 2020

Opinião

Botox no rejuvenescimento facial

Autor: Bruno Olavarria Aquino

30 Jun 2014 - 09:26

Hoje a estética aliada a tecnologia oferece várias opções de tratamento para se rejuvenescer ou até retardar o envelhecimento facial. Uma delas é o conhecido ‘Botox’, que na verdade é a aplicação da Toxina Botulínica para correção de rugas de expressão. Ficou conhecido como ‘Botox’, nome comercial da toxina botulínica que hoje também é vendida com o nome de outras marcas.

Essa toxina deve ser aplicada por um médico dermatologista, visto que o procedimento é feito com agulhas e tem localizações específicas para serem injetadas. O efeito começa a ser observado após 48 a 72 horas da aplicação e dura em média de 4 a 6 meses dependendo do organismo do paciente. A substância faz o efeito tensor pondo fim as marcar de expressão ou rugas na região frontal (testa), na glabela (entre as sobrancelhas) e região peri-orbitária (pés de galinha).

Além de prevenir o aparecimento de novas marcas de expressão ameniza as já instaladas dando ao paciente uma aparência mais jovial.

Apesar dos benefícios do uso dessa substancia, não se pode esquecer que entre os maiores riscos da toxina botulínica está o exagero na dosagem tornando-se assim um resultado artificial. Outro alerta é a aplicação em regiões erradas, que pode resultar em assimetrias.Também não é recomendado o uso em gestantes, amamentação e pessoas com doenças auto imunes e neurológicas.

O uso da toxina butolinica não tem idade para iniciar e em alguns casos tem a função de corrigir a mímica facial. Quem vai definir de fato a necessidade do paciente é o especialista após a consulta. Por isso a importância de procurar um médico dermatologista para a realização dessa aplicação.

Bruno Olavarria Aquino é especialista pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO) e Membro titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e faz parte do corpo clínico da Clínica INTRO.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet