Olhar Conceito

Domingo, 16 de junho de 2024

Notícias | Tecnologia

Ouya, o videogame Android, chega às lojas dos EUA por US$ 100

O Ouya, o primeiro console de sistema Android, chega às lojas dos Estados Unidos, Canadá e Reino Unido nesta terça-feira (25), por US$ 100. O videogame ganhou atenção em 2012, quando arrecadou US$ 8 milhões no site de crowndfunding Kickstarter, com um pedido de viabilização de US$ 900 mil. A meta inicial foi atingida em oito horas.


Diferente das grandes máquinas e mercado de publicadores e serviços que a Sony e a Microsoft apresentaram na E3 2013, entre os dias 11 e 13 de junho, o Ouya aposta na criatividade dos seus consumidores e estúdios indies para o sucesso do console, que possui código aberto e todos podem desenvolver jogos e aplicativos.

Com isso, o Ouya chega às lojas com 160 jogos disponíveis, entre eles Final Fansaty III, os simuladores de futebol Natural Soccer e Striker Soccer Euro 2012, além dos emuladores para NES, Super NES e Nintendo 64. Veja a lista dos 104 primeiros aqui.

Ao todo, 16 mil desenvolvedores já se registraram para trabalhar no aparelho. “Criadores indies amam nossa filosofia em relação ao console, que deve ser aberta para todos”, disse a CEO Julie Uhrman ao site Polygon. “Nós tiramos todas as barreiras; nós não cobramos kit de desenvolvimento, não falamos como eles têm que construir seus jogos e não indicamos preço. Nós literalmente deixamos eles construir e monetarizar da maneira que queiram. A única regra é que os jogos devem ter algum tipo de componente gratuito.

“Desenvolvidores estão vindo até nós”, concluiu.

Porém, antes de ser lançado oficialmente, o videogame passou por alguns atrasos, adiando sua chegada de 4 de junho para 25. A principal justifica da empresa é que, em maio, os grupos de investimentos Kleiner Perkins Caufield & Byers (KPCB), the Mayfield Fund, Nvidia, Shasta Ventures e Occam Partners aplicaram mais US$ 15 milhões para melhoras do console.

Melhoras
Entre os aperfeiçoamentos estão mudanças na interface de armazenamento do Ouya, agora com muito com listas de desenvolvedores e jogos mais completa e informativa. “Jogadores verão muito mais conteúdo imediatamente. Também mudamos a página do jogo, assim você poderá ver melhores fotos logo de cara”, disse Uhrman ao site Mashable.

O peso do controle – possível de compra por US$ US$ 50 – assim como a tensão de seus gatilhos e velocidade de resposta também foram atualizados. O processo de download ficou ainda mais seguro, com pedido de PIN, e simples.

Conversas com empresas de realidade virtual e controle, como a Oculus Rift, também estão em andamento. Um dos objetivos da empresa é criar novas opções de jogabilidade e experiência.

Reclamações
As recentes modificações vieram muito em resposta às primeiras avaliações de críticos, como o site Polygon, que testou o aparelho na GDC 2013, em março. Entre as principais fragilidades estavam os lags do controle e a falta de polimento final nos jogos e interface – já atualizados pela empresa e desenvolvedores.

Em abril, o site Futuremark analisou o desempenho de 258 aparelhos com sistema Android e classificou o novo console Ouya na 73° posição, atrás de smartphones como Samsung Galaxy S IV, HTC One, LG Nexus 4 e Xperia Tablet Z. O videogame possui sistema Android 4.0, processador Tegra 3 quad-core, RAM de 1 GB e memória de 8GB, expansíveis via USB.

Porém, Viabilizadores do Kickstater têm recebido o console desde abril, mas alguns ainda não colocaram as mãos em seus aparelhos. E reclamações começar a pintar no fórum sobre o produto no Reddit, com um dos internautas dizendo que está tentando se manter otimista, mas que acha que seu aparelho chegará depois do lançamento do varejo. Uhrman disse que a empresa está em contato com todos aqueles que ainda não receberam o pacote, mas muitos problemas resultaram de dados incorretos para o frete.

“Estamos colhendo reclamações e opiniões dos viabilizadores, desenvolvedores e jogadores e melhorando o Ouya a partir daí”, disse a CEO ao site Mashable. “Fizemos um de todo o desenvolvimento do produto com um conceito aberto e chamamos os últimos meses de ‘período de pré-visualização” enquanto fazíamos mudanças”.

Outros mercados
Mesmo com dificuldades na entrega e desenvolvimentos finais do aparelho, Uhrman disse que o próximo passo é chegar a outros mercados, como Brasil e Ásia.

“Geograficamente falando, o interesse de outros mercados significa que muito conteúdo pode finalmente encontrar seu caminho para a televisão, algo que provavelmente não era possível antes”, explicou a Polygon. “Distribuidores têm nos contatado querendo seguir com nosso produto e queremos satisfazer essa demanda. Mas também queremos ter certeza que temos um grande produto chegando a uma nova região. Para nós, o mínimo é estar na linguagem e moeda do país e com opção de pagamento que eles estão acostumados.”

O Ouya pode ser adquirido nos sites norte-americanos Amazon, Best Buy, GAME, GameStop, Target e o oficial OUYA.tv.
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet