Olhar Conceito

Terça-feira, 27 de julho de 2021

Notícias / Moda

moda feminina

Vinte anos depois de vender carro para investir em loja própria, comerciante comemora sucesso em MT

Da Redação - Isabela Mercuri

27 Out 2017 - 17:04

Foto: Maria Clara Oliveira de Rosa

Tita e sua loja, hoje quatro vezes maior do que comçou

Tita e sua loja, hoje quatro vezes maior do que comçou

Quando, há pouco mais de vinte anos, a paulistana Maria Alice de Oliveira vendeu seu carro novo para investir em seu sonho, não imaginava o que estaria por vir. Após perder o emprego, com uma filha de quatro anos no colo e muita força no coração, ela decidiu abrir uma loja de roupas e, depois de milhares de viagens de ônibus para São Paulo, muitos quilômetros andados a pé no Brás e no Bom Retiro e milhões de sorrisos oferecidos às clientes, hoje a ‘Tita Confecções’ quadruplicou, a primeira filha se formou, veio a segunda, e a garra dela, que atualmente tem 60 anos, continua a mil.

Leia também:
Comerciante com 13 anos de experiência expande loja para vender todos os tamanhos: "Para Todas"

“Eu nasci em São Paulo, trabalhei a vida toda em São Paulo, e no ano de 95 eu perdi o emprego. Trabalhava no Banespa, e com a administração do Mário Covas eu perdi o emprego lá e fui convidada pela minha irmã e meu cunhado, que era um grande atacadista de calçados e confecções, a trabalhar em Mato Grosso”, contou a comerciante ao Olhar Conceito.

Tita – como é conhecida por todos – veio, e trabalhou com a irmã durante um tempo, chegando a ser gerente das lojas dela. No ano seguinte, no entanto, vendeu seu Gol 96, alugou um espaço, investiu em decoração, foi para São Paulo para comprar mercadoria e, desde então, não parou mais. “Nunca pensei em ser comerciante. Eu trabalhava em bancos, não era muito feliz porque trabalhava em escritório. Trabalhei como gerente das lojas de confecção da minha irmã e peguei gosto pela coisa”, lembra. “Eu ficava ouvindo as histórias dos clientes, dava alegria pra eles e eles me contavam suas histórias. E através das roupas e de tudo a gente conversava e eu gostava, por isso que quis abrir meu próprio negócio nesse ramo, para lidar com as pessoas”.

A loja, que fica em Rondonópolis (219km de Cuiabá), deu certo desde o início. “Eu acho que era uma novidade na cidade, porque era muita modinha. A loja enchia de clientes, era um fenômeno no ramo de modinha”, conta. Para garantir a qualidade de seus produtos, e ter certeza do que seria vendido, a comerciante nunca deixou de viajar – ela mesma – atrás das roupas. Este é, segundo ela, seu maior diferencial, e a maior dificuldade ao mesmo tempo. “Eu viajo a cada dez, quinze dias. Eu mesma vou pra São Paulo, escolho lá no Bom Retiro, no Brás, nos points de atacado de roupas de festa, de Instagram... E o mais difícil é me separar da minha família a cada 10 dias”.

Todo o esforço, no entanto, é recompensado quando a comerciante volta para sua loja e percebe que está realizando sonhos. “O cliente tem que ter em mim 100% de confiança. Eu não engano, e trago sempre para ele o que ele quer. Porque eu trabalho com modinha, trago roupa bonita, roupa que ela vê na novela, que ela vai encontrar o namorado se projetando na menina da novela. Sempre agradando meu cliente com o que ela sonha. O que ela sonha? O que ela quer? É a roupa da modinha? É a roupa que ela vê na televisão? Eu levo o sonho, eu trabalho com sonho”, comemora.

Roupas da Tita Confecções (Foto: Reprodução / Instagram)

Além dos sonhos das clientes, nestes vinte anos como comerciante Tita também conseguiu realizar os seus próprios.  A comerciante tem duas filhas, uma de 25 anos, que está grávida, e uma de dezesseis. “Ela [a loja] me deu a oportunidade de melhorar a qualidade de vida das minhas filhas. De formar minha filha em veterinária, tem a minha segunda filha que tem seus objetivos e eu espero que também alcance como a primeira alcançou...  e em primeiro lugar a minha realização, porque eu faço o que eu gosto. Tanto que faz 22 anos e eu não acho cansativo, só acho cansativo porque eu viajo, mas eu trabalho com prazer, com alegria. Porque eu realizo os meus desejos e também das minhas filhas”.

Mariana, 25 (esq.), Tita e Maria Clara, 16 (dir.) (Foto: Arquivo Pessoal)

Todo este prazer em trabalhar é refletido no atendimento. Quando não está viajanto, Tita está todos os dias no balcão da loja, com um sorriso no rosto e ouvidos abertos para quem chegar. “Eu faço tudo com muito entusiasmo, com muita alegria. E eu quero deixar bem claro que, na vida, e pra mim como comerciante, o que é difícil hoje, amanhã pode não ser mais difícil. Com a ajuda de Deus a gente supera tudo”, finaliza.

Serviço

Tita Confecções
Endereço: Av. Marechal Rondon, 937, Centro - Rondonópolis
Informações: (65) 3421-5404 / (65) 99671-5971

Veja todos os produtos disponíveis pelo INSTAGRAM

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet