Olhar Conceito

Sábado, 15 de junho de 2024

Notícias | Tecnologia

Google pode desativar Glass de usuário que vender o aparelho

O Google começou a entregar os primeiros Google Glass, do lote apelidado "edição Explorador" (Explorer, em inglês), na terça-feira, mas os poucos que receberam o acessório tiveram de se comprometer com regras estritas de uso, que incluem proibição de revenda e empréstimo. Segundo o Mashable, os Termos de Compra permitem que o óculos inteligente do gigante das buscas seja dado de presente.


"Você não pode revender, alugar, transferir ou dar o Dispositivo a outra pessoa. Se você revender, alugar, transferir ou dar o seu dispositivo a qualquer outra pessoa sem a autorização do Google, o Google se reserva ao direito de desativar o Dispositivo, e nem você nem a pessoa não autorizada usando o Dispositivo terão direito a nenhum reembolso, suporte ao produto ou garantia", diz o termo.

Em fevereiro, um Google Glass apareceu à venda no eBay por US$ 1,5 mil - preço oficial do óculos inteligente -, e logo depois subiu para US$ 16 mil. Mas o item foi removido da lista pelo eBay por violar a "política de comercialização de (produtos em) pré-venda".

O contrato também permite que o comprador devolva o Google Glass, caso não queira ficar com o produto, em até 30 dias a partir da entrega. O gigante das buscas pede que, nesse caso, o retorno inclua as embalagens e os acessórios originais, e que o produto esteja em condições "razoáveis".

O Google ainda avisa que vai dar "suporte inicial" às encomendas já feitas, a devoluções, a dispositivos com defeito e a problemas técnicos em geral.
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui
Sitevip Internet